A resistência das placas de energia solar: elas aguentam chuva de granizo?

A resistência das placas de energia solar: elas aguentam chuva de granizo?

Em um mundo cada vez mais voltado para a sustentabilidade, a energia solar tem ganhado um espaço significativo no mercado global. Como uma fonte de energia limpa e renovável, o uso de painéis solares está se tornando mais comum em residências e empresas ao redor do mundo. Além de contribuir para a redução das emissões de gases de efeito estufa, a energia solar representa uma alternativa econômica em relação às fontes de energia tradicionais, com o potencial de reduzir significativamente as contas de eletricidade ao longo do tempo.

No entanto, apesar dos muitos benefícios da energia solar, ainda há dúvidas e preocupações sobre a durabilidade e a resistência dos painéis solares, principalmente quando se trata de fenômenos climáticos extremos, como a chuva de granizo. De fato, ao fazer o investimento em um sistema de energia solar, é natural questionar se o equipamento poderá suportar as intempéries do clima sem sofrer danos.

Neste artigo, buscamos responder à pergunta: “As placas de energia solar resistem à chuva de granizo?”. Para tanto, iremos explorar a construção das placas de energia solar, os testes de resistência a que são submetidas, as experiências reais com granizo e a importância do seguro para proteger este valioso investimento. Acompanhe-nos nesta jornada informativa e descubra a surpreendente resistência dessas placas que captam a energia do sol.

A construção das placas de energia solar

Para responder a essa pergunta, é necessário primeiro entender a construção das placas de energia solar. Painéis solares, ou módulos fotovoltaicos, são feitos de várias camadas. O elemento-chave é o silício cristalino, que transforma a luz do sol em eletricidade. Este silício é protegido por uma camada de vidro temperado, que é projetada para ser resistente e durável. O vidro temperado é muitas vezes mais resistente do que o vidro comum e pode resistir a impactos significativos. Além disso, a estrutura do painel é geralmente feita de alumínio, que é resistente à corrosão.

A resistência do vidro temperado

O vidro temperado utilizado nos painéis solares é submetido a um processo de aquecimento e resfriamento rápido que aumenta sua resistência. Esse processo torna o vidro quatro a cinco vezes mais resistente do que o vidro comum, podendo suportar pressões de até 120 MPa. Além disso, quando quebrado, ele se estilhaça em pequenos pedaços granulares em vez de estilhaçar em pedaços grandes e pontiagudos, diminuindo assim o risco de danos mais sérios ao módulo fotovoltaico.

Testes de resistência de painéis solares

Em segundo lugar, os painéis solares são submetidos a testes rigorosos antes de serem comercializados. Estes incluem testes de resistência ao granizo. Normalmente, um teste de granizo envolve a propulsão de bolas de aço de um determinado diâmetro e a uma certa velocidade contra o painel. Em geral, painéis solares de boa qualidade podem suportar o impacto de bolas de aço de 2,5 cm de diâmetro a velocidades de até 23 m/s.

Normas e padrões internacionais de teste

Existem diversas normas internacionais que definem os critérios de resistência e durabilidade para os painéis solares. A International Electrotechnical Commission (IEC), por exemplo, tem a norma IEC 61215, que define testes para módulos fotovoltaicos de silício cristalino para instalação terrestre. Este padrão inclui um teste de resistência ao impacto de granizo, garantindo que os painéis possam resistir a condições climáticas adversas.

Experiências reais com granizo

Na prática, há muitos exemplos de painéis solares resistindo a tempestades de granizo sem sofrer danos. Por exemplo, em 2017, um parque solar no Texas, EUA, sobreviveu a uma tempestade de granizo com pedras de até 4,5 cm de diâmetro sem danos significativos. Além disso, a maior usina de energia solar da Austrália, em Robinvale, sobreviveu a uma tempestade de granizo em 2020 sem sofrer danos. Embora estes sejam apenas exemplos, eles indicam a resistência dos painéis solares a este tipo de fenômeno meteorológico

A importância do seguro

Apesar da resistência demonstrada pelos painéis solares, é crucial considerar a obtenção de seguro para o seu sistema de energia solar. Isso porque, embora os painéis solares possam suportar a maioria das tempestades de granizo, eventos mais extremos podem causar danos. Uma apólice de seguro adequada pode ajudar a cobrir o custo de reparo ou substituição dos painéis em caso de danos causados pelo granizo.

Cobertura de seguro para sistemas de energia solar

Diferentes seguradoras oferecem diferentes tipos de cobertura para sistemas de energia solar. Essas coberturas geralmente incluem danos causados por tempestades de granizo, incêndios, inundações, roubos e até mesmo perda de rendimento devido a problemas de eficiência do painel solar. Portanto, é importante pesquisar e encontrar uma apólice que melhor atenda às suas necessidades e proporcione a proteção adequada para o seu investimento em energia solar.

Conclusão

Em resumo, os painéis solares são robustos e projetados para resistir a muitos tipos de condições climáticas adversas, incluindo a chuva de granizo. Sua construção em camadas com vidro temperado, a conformidade com normas e padrões internacionais de teste, e exemplos práticos ao redor do mundo, todos testemunham sua durabilidade.

No entanto, como todo investimento, a proteção adequada é vital. Assim, embora os painéis sejam construídos para serem resistentes, a contratação de uma apólice de seguro para seu sistema solar pode proporcionar uma tranquilidade adicional. Ao considerar a energia solar, é importante lembrar que você está fazendo um investimento em uma tecnologia resistente, mas como com qualquer investimento, a proteção adequada é essencial.

Por fim, pode-se afirmar que a resposta à pergunta “As placas de energia solar aguentam chuva de granizo?” É sim, na maioria das vezes. Contudo, um seguro pode ser uma garantia extra para eventos de chuva de granizo mais extremos. Com a adoção dessas medidas, o caminho para a energia limpa e renovável é muito mais tranquilo e seguro.

Pronto para conciliar responsabilidade ambiental e economia de recursos? Então ajude a mudar o planeta a partir da mudança de seu próprio mundo! Ficou ainda alguma dúvida? Comente e a divida conosco!

SolarVolt Energia
SolarVolt Energia

Empresa especializada em Energia Solar


11 Respostas a “A resistência das placas de energia solar: elas aguentam chuva de granizo?”

  1. Justo o que eu procurava, muito obrigada!

  2. daniel disse:

    Ola, as placas conseguem gerar energia caso eu coloque um vidro transparente na frente da placa pra aumentar a durabilidade dela ao tempo e fenomenos naturais ?

    1. SolarVolt Energia disse:

      Olá, Daniel! Muito obrigado por seu comentário! O painel gera energia, contanto que a luz solar incida sobre ele. Qualquer obstrução diminuirá sua absorção da energia solar, mesmo se for transparente. Em relação à durabilidade do painel, vale ressaltar que ele já é projetado para ter uma vida útil de, no mínimo, 25 nos. Portanto, é extremamente resistente a fenômenos naturais. A resistência do painel chega a ser superior à resistência do telhado, na maioria dos casos! Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a gente, será um prazer atendê-lo! Abraço.

  3. MAXIMIANO disse:

    Em dias nublados é gerado alguma energia através desse sistema? Caso seja, qual o percentual que se reduz nesses dias dessa geração? Foi feito algum projeto de comparação podendo assim elucidar os clientes quanto a questão exposta?

    1. SolarVolt Energia disse:

      Olá, Maximinano! Muito obrigado por seu comentário! O sistema é dimensionado levando em consideração a radiação global, ou seja, a radiação recebida ao longo do ano, incluindo as alterações climáticas. Não é possível prever esse percentual, pois essa variação irá depender do local em que o sistema está instalado, de condições climáticas e pluviométricas do dia específico. Trabalhamos com uma média mensal de radiação solar para a localidade em que estamos fazendo o projeto. O dimensionamento correto levará em conta todos esses fatores para otimizar a geração de energia. Para maiores esclarecimentos, entre em contato com a gente através do e-mail contato@solarvoltenergia.com.br. Abraço!

  4. Roy disse:

    Tenho 10 gatos que diariamente andam sobre o telhado da casa. No caso painéis solares poderiam ser prejudicados ? Ou os gatos serem prejudicados ?
    Qual dano ou prejuízo teria para os animais ou os painéis ?

    1. SolarVolt Energia disse:

      Olá, Roy! Muito obrigado por seu comentário! Com a instalação finalizada, o sistema fotovoltaico não oferece nenhum risco para os animais! Não há risco de choque elétrico. Quanto à conservação dos painéis, é preciso ficar atento a detritos que podem ser deixados pelos animais e ao sombreamento, que pode afetar a geração de energia. A manutenção preventiva constante, que engloba a limpeza periódica e o monitoramento frequente da geração podem contornar essas questões.

  5. Almir Antônio Martins. disse:

    Eu tenho uma dúvida adicional, que é a residência a maresia. Minha preocupação é com a estrutura, pois a placa não tenho dúvidas.
    Desde já agradeço.

    1. SolarVolt Energia disse:

      Sua preocupação é válida! Temos no mercado diversas marcas de estrutura. O sistema de fixação utilizado pela SolarVolt é de última geração, composto de peças anticorrosivas e desenvolvidas exclusivamente para sistemas fotovoltaicos. Ao adquirir um sistema com estrutura de qualidade não há com se preocupar!

      Abraço

  6. Orlando disse:

    Na minha região houve chuva de padras do tamanho de um ovo de galinha. Chegou a quebrar telhados debate 6mm. Pergunta: tem placa fotovoltaicas que resistem a tal agressão???

    1. Neto Rodrigues disse:

      Olá, Orlando. Trabalho com a SolarVolt e agradecemos seu comentário!

      As placas são homologadas pelo Inmetro e possuem força mecânica para suportar o impacto. Por isso é importante escolher um fabricante de qualidade.

      Um abraço!

Deixe um comentário

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.