Avião movido a energia solar promete volta ao mundo

Avião movido a energia solar promete volta ao mundo

Desde tempos imemoriais, o sonho de voar sempre povoou a imaginação humana. Diversas gerações almejam alcançar os céus, e, ao longo dos anos, a humanidade desenvolveu técnicas e equipamentos que tornaram esse sonho realidade. No entanto, o que muitos não poderiam prever era a invenção de um avião movido a energia solar, com uma audaciosa promessa: dar a volta ao mundo!

Hoje, voar tornou-se tão rotineiro quanto dirigir um carro. Para se ter uma dimensão, em 2014, apenas no Terminal de São Paulo, registraram-se mais de 740 mil voos. Essa facilidade em deslocar-se pelo ar é algo que muitos pioneiros da aviação, como Santos Dumont, poderiam considerar inimaginável. E, nesse contexto de evolução constante, surge a incrível inovação: o avião movido a energia solar. Não apenas ele existe, como carrega a ambiciosa promessa de circum-navegar o planeta.

Se você está curioso para entender mais sobre essa maravilha tecnológica e como ela pretende realizar essa façanha, continue lendo.

O avião solar: uma obra-prima da engenharia moderna

Projetado com o objetivo audacioso de dar a volta ao mundo usando apenas a energia do sol, o Solar Impulse é um testemunho vivo do potencial da tecnologia limpa. Sua aerodinâmica otimizada e seu peso reduzido – comparável a um carro de passeio – tornam-no uma maravilha da engenharia. Com mais de 17.000 células solares distribuídas em sua superfície, ele capta energia solar e a armazena em baterias de lítio, que por sua vez, alimentam seus quatro motores elétricos.

Do sonho à realidade: a jornada do solar impulse

Embora a ideia de um avião movido a energia solar tenha sido concebida em 2003, foi apenas após anos de estudos intensivos, prototipagem e testes que o Solar Impulse ganhou vida. Fruto da visão do engenheiro suíço Bertrand Piccard e financiado por um investimento de mais de 70 milhões de euros, o projeto não visava apenas quebrar recordes, mas também conscientizar o mundo sobre o potencial das energias renováveis, especialmente a solar.

Seu voo inaugural ocorreu em 2009, e, desde então, o avião tem estabelecido diversos recordes, como cruzar os Estados Unidos em 2013. A versão aprimorada, Solar Impulse 2, levou o desafio adiante, mantendo a visão de promover a energia limpa, mas com uma meta ainda mais audaciosa: circular o globo. E quem pilota essa incrível missão são os pilotos André Borschberg e Bertrand Piccard, que, juntos, já registraram mais de 94 horas de voo.

Segurança em primeiro lugar

Muitos se perguntam: um avião movido a energia solar é seguro? A aviação, em geral, é considerada um dos meios de transporte mais seguros. A equipe por trás do Solar Impulse, ciente dos desafios, garantiu que sua criação pudesse voar mesmo em períodos sem sol. As baterias, ao armazenarem carga, garantem energia contínua para os motores.

A ideia de circular pelo mundo é, por si só, uma aventura inspiradora. Agora, imagine fazer isso utilizando apenas energia solar? Essa é uma experiência que combina audácia, inovação e sustentabilidade.

E você? Estaria pronto para embarcar em uma aventura ao redor do mundo a bordo de um avião movido a energia solar? Partilhe sua opinião e continue acompanhando as novidades conosco. Até breve!

SolarVolt Energia
SolarVolt Energia

Empresa especializada em Energia Solar


Uma Resposta a “Avião movido a energia solar promete volta ao mundo”

  1. Fernando Leite Alvim disse:

    Sem dúvida nehuma.
    Eu gostaria muito de ser um dos pilotos que controlam uma aeronave auto sustentável.
    Ainda por cima, usando uma energia limpa, patrocinada pelo sol.

Deixe um comentário

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.