Por que investir em energia solar fotovoltaica em hoteis?

Por que investir em energia solar fotovoltaica em hoteis?

Usar energia solar fotovoltaica em hoteis, atualmente, é uma demanda que se tornará necessária. A indústria hoteleira no Brasil tem enorme econômica no país, especialmente no âmbito do desenvolvimento local. Hoje, o setor representa 7,9% do PIB nacional e é responsável por 6,59 milhões de empregos.

Descubra a seguir algumas razões pelas quais o investimento em energia solar fotovoltaica em hoteis tem se tornado comum!

Redução de custos fixos e segurança energética 

Como em toda empresa, a conta de energia é um custo fixo inescapável no custo de um hotel, especialmente em épocas de alta temporada, em que há muitos hóspedes e o consumo é altíssimo. No caso dos hoteis, a energia elétrica costuma ser apontada como o maior centro de custos.

Por essa razão, não é tarefa simples estabelecer políticas de sustentabilidade energética nos hoteis. Assim, uma das alternativas para diminuírem-se os gastos com eletricidade tem sido investir na energia solar fotovoltaica em hoteis. Em alguns casos é possível observar o retorno do investimento em 3 anos da instalação, somente com a economia com a conta de energia.

Além disso, com a acentuação dos períodos de seca, a capacidade de geração de energia pelas hidrelétricas tem reduzido. Essa é uma das razões do aumento do valor nas contas de energia, uma vez que as termelétricas vêm sendo acionadas para compensar as perdas em geração.

O efeito disso é uma oscilação de tarifas, dada a imprevisibilidade do clima, além da constante ameaça de apagões. Por isso, muitos empresários têm optado por investir em autogeração a partir de energia solar fotovoltaica.

Aumentar o lucro por diária

Com a diminuição do valor da conta de energia, que é um custo fixo central em um hotel, é possível lucrar mais com as diárias. Afinal, o custo para manutenção dos quartos se reduz, otimizando os ganhos!

Ainda, a “folga” propiciada pela drástica redução de custos permite que a empresa hoteleira elabore estratégias que a tornem mais competitiva. Ainda que o valor das diárias propriamente ditas não venha a se alterar, os gerentes poderiam negociar também descontos e pacotes com preços mais atraentes para novos hóspedes, e até mesmo fazer promoções.

Agregação de valor e diferencial de mercado

Investir em energias renováveis pode ser um diferencial de mercado, agregando valor à empresa a partir de selos de sustentabilidade e tornando-a mais competitiva

No setor hoteleiro, existem várias alternativas para obter certificações de sustentabilidade que podem ajudar a evidenciar o compromisso de um hotel com práticas ambientais, sociais e econômicas sustentáveis. Aqui estão algumas das certificações mais reconhecidas globalmente:

  • LEED (Leadership in Energy and Environmental Design): é uma certificação voltada principalmente para novas propriedades ou para aquelas que estão passando por reconstruções significativas, com foco em práticas de construção sustentável e tecnologias que promovam a gestão de resíduos, economia de energia e conservação de água​​.
  • Green Globe: abrange critérios que avaliam o impacto ambiental, social, econômico e de gestão sustentável, bem como a preservação do patrimônio cultural​​.
  • Green Key Global: é uma certificação ambiental para hoteis e reuniões, com um foco forte nas Américas, e usa um sistema de classificação “Eco-Rating” para avaliar as práticas sustentáveis do hotel​​.

Entre outras.

No Brasil, o selo Green Key é uma das certificações de sustentabilidade para o setor hoteleiro reconhecida internacionalmente. Este certificado é concedido a estabelecimentos do ramo da hotelaria que atendem a critérios rígidos definidos pela Foundation for Environmental Education, destacando seu compromisso com práticas ambientalmente responsáveis e de operação sustentável na indústria do turismo. 

Além disso, empresas como o Club Med, que tem resorts no Brasil, estão se comprometendo com a certificação BREEAM ou equivalentes locais para a construção de novos resorts, com foco em sustentabilidade e responsabilidade corporativa social. 

Estas medidas incluem redução das emissões de carbono, design de baixo impacto, adaptação às mudanças climáticas, valor ecológico e proteção da biodiversidade​​.

Esses selos e certificações ajudam a impulsionar a sustentabilidade no setor hoteleiro, fornecendo uma estrutura para práticas mais ecológicas e socialmente responsáveis, alinhadas com padrões internacionais.

Linhas de crédito específicas para energia solar em hoteis

Atualmente, há linhas de crédito específicas para o financiamento da implantação de auto geração de eletricidade a partir da energia solar fotovoltaica em hoteis. Confira algumas que se aplicam ao setor hoteleiro:

  • BB Crédito Empresa, Proger Urbano Empresarial: são linhas que visam ajudar a financiar a reforma das suas instalações ou a compra de máquinas, equipamentos e veículos automotores. O empréstimo oferece taxas mais atrativas, pois é realizado com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), do Governo Federal;
  • O Santander CDC Eficiência Energética de Equipamentos: oferece crédito para pessoas e empresas, correntistas ou não, comprarem equipamentos para energias renováveis e eficiência energética. A contratação é feita diretamente nas lojas parceiras.

Porém, para micro, pequenas e médias empresas há especialmente o CEF Investgiro e CEF Investgiro Turismo, que visa fornecer crédito com condições favoráveis para micro e pequenas empresas do setor de turismo expandirem, usando recursos do FAT, com prazo de até 120 meses para pagamento e carência de até 30 meses. O limite de crédito é de R$ 600 mil para empresas que faturem até R$ 7,5 milhões anuais. 

Já o BNDES Finem oferece uma linha de crédito para empresas que precisam de financiamento de longo prazo acima de R$ 20 milhões por ano, visando projetos de implantação, ampliação, recuperação ou modernização. Abrange a compra de novas máquinas e equipamentos, obras, montagem, instalações e capital de giro associado.

Também, há o BNDES Finame Bk, que oferece financiamento para aquisição e comercialização de máquinas, equipamentos, sistemas industriais, bens de informática e automação, ônibus, caminhões e aeronaves executivas.

Há ainda linhas regionais específicas, tais como o BRDE Energia: para região sul, o BNB FNE Sol para a região da SUDENE e o FCO Empresarial, voltado para a região centro-oeste.

As condições para o contrato de financiamento variam conforme seu perfil e as exigências do banco. A escolha da melhor linha de crédito depende de negociações com os gerentes do banco a partir da sua proposta de projeto a ser financiada. Assim, tenha sempre um projeto bem explicado e busque informações atualizadas, pois o aporte financeiro e os juros para os empréstimos variam muito com o tempo.

Conclusão

O uso de energia solar fotovoltaica em hoteis veio para ficar. Além de ajudar a cortar significativamente os custos com eletricidade, diminui a pegada de carbono da empresa, diferenciando-a diante do mercado e tornando-a mais competitiva.

Se você gostou desse conteúdo ou conhece alguém que poderia se beneficiar dele, por favor, compartilhe-o em suas redes sociais! A SolarVolt agradece a sua confiança.

SolarVolt Energia
SolarVolt Energia

Empresa especializada em Energia Solar


2 Respostas a “Por que investir em energia solar fotovoltaica em hoteis?”

  1. Almir Antônio Martins. disse:

    Achei muito interessante a abordagem do financiamento.
    Como a implementação e relativamente cara, para micro empresa e estou no nordeste qual linha de crédito você aconselha?

    Abraço

    1. SolarVolt Energia disse:

      Olá, Almir! Obrigado pelo contato e incentivo. O seu perfil se encaixa na linha FNE Solar, do BNB. O banco financia 100% do sistema em até 120 meses com taxas de 11% ao ano e carência de 6 a 12 meses.

      Abraço

Deixe um comentário

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.