Energia Solar Industrial: ponto crucial na hora de reduzir custos

Energia Solar Industrial: ponto crucial na hora de reduzir custos

A indústria é quem mais consome eletricidade no Brasil: cerca de 40% de toda a energia produzida no país é utilizada no setor.  Os gastos com eletricidade, então, representam uma grande fatia dos custos totais da maioria das indústrias. Mas, você sabia que é possível economizar muito na conta de luz com a energia solar industrial?

A energia solar para uso industrial vem crescendo muito nos últimos anos, o que pode ser atribuído, em parte, à urgência de investir em sustentabilidade em qualquer negócio, tanto em termos de preservação do meio ambiente, como para obter vantagens competitivas no mercado. No entanto, a principal razão para o aumento do investimento em energia solar industrial é sua contribuição para a redução de custos operacionais. 

Se você está interessado em instalar um sistema de geração de energia solar na sua indústria, mas não sabe por onde começar, não se preocupe! Neste artigo explicaremos tudo sobre energia solar para uso industrial. Confira os tópicos que serão abordados ao longo do texto:

  • Energia solar industrial: o que é?
  • Tipos de geração de energia solar
  • Por que escolher a energia solar para uso industrial?
  • Como funciona a energia solar para indústria?
  • Instalação de um sistema fotovoltaico na indústria

Boa leitura!

Energia solar industrial: o que é?

Para entender o que é a energia solar industrial é preciso, primeiramente, estar familiarizado com alguns conceitos. O primeiro deles é o da energia solar fotovoltaica. A energia solar, como o próprio nome já diz, utiliza como fonte a radiação do Sol. 

A energia obtida através dos raios solares é utilizada, em geral, para produzir eletricidade em duas modalidades, a energia fotovoltaica e a energia heliotérmica; ou para o aquecimento solar

A energia solar industrial é gerada pela modalidade fotovoltaica. Nesse tipo de geração, a eletricidade é produzida por meio do chamado efeito fotovoltaico. Esse efeito é o resultado da incidência da radiação do Sol nos painéis solares que compõem o sistema fotovoltaico. 

Ao serem atingidos pelos raios solares, os elétrons dos painéis, que são feitos de materiais semicondutores, se movimentam e colidem, gerando uma corrente elétrica. Depois de passar por um inversor e transformar a corrente contínua em alternada, a energia está pronta para abastecer qualquer aparelho elétrico de diferentes perfis de empreendimentos.

Tipo de geração de energia solar

A energia fotovoltaica pode ser gerada de três formas distintas:

  • Geração isolada ou off-grid: nesse modelo, as centrais geradoras de energia não são conectadas à rede de distribuição da concessionária local de energia elétrica;
  • Geração distribuída, on-grid ou grid-tie: nessa modalidade, os sistemas fotovoltaicos do empreendimento são ligados à rede de distribuição local;
  • Geração centralizada: nessa modalidade entram as usinas solares de grande porte que geram energia para distribuir para outras unidades consumidoras. .

Continue a leitura para saber sobre o melhor tipo de geração para um sistema de energia solar industrial.

Por que escolher a energia solar para uso industrial?

Investir em energia solar para uso industrial  é um ponto crucial na hora de reduzir custos no setor, mas essa não é a única vantagem de instalar um sistema fotovoltaico. A seguir, listamos alguns dos vários benefícios da energia solar industrial. Confira!

Economia na conta de luz 

De acordo com a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro, a conta de energia elétrica chega a representar mais de 40% dos custos totais de produção das indústrias. Isso significa que diminuir os gastos com eletricidade é o passo mais importante para tornar o negócio mais rentável.

Existem diversas formas de economizar energia elétrica na indústria, como a substituição dos equipamentos de iluminação, a manutenção adequada do maquinário, a escolha correta dos sistemas de climatização e ventilação e o dimensionamento correto da rede elétrica. No entanto, a forma mais eficiente é produzindo a própria energia. E é aí que entra a energia solar industrial.

A instalação de um sistema fotovoltaico em sua indústria pode levar a uma economia de até 95% na conta de energia elétrica. Além disso, é possível gerar créditos de energia por meio do Sistema de Compensação da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). 

Para isso, é necessário que a sua indústria tenha um sistema on-grig, ou seja, conectado à rede elétrica da concessionária. Assim, o excedente produzido pela sua usina fotovoltaica é injetado na rede e gera créditos para você. Esses créditos podem ser usados para pagar o consumo nos momentos em que a usina não está produzindo energia, como à noite. No fim de cada mês, a sua indústria pagará apenas a diferença entre o injetado e o consumido da rede elétrica. 

Adotar a energia solar industrial ainda traz outra vantagem financeira: ao produzir a própria energia, as suas despesas não ficarão à mercê das oscilações das bandeiras tarifárias, que podem levar as contas a valores exorbitantes.

Para saber mais sobre como fica a conta de energia elétrica depois da instalação de um sistema fotovoltaico, leia o post no nosso blog:

Sustentabilidade e marketing verde

Além de ser ótimo para o meio ambiente, investir em energia solar industrial, uma forma limpa e sustentável de geração de eletricidade, é ótimo para a sua marca. O chamado marketing verde é uma estratégia focada em ações sustentáveis que deixem claro para o consumidor que a indústria em questão se preocupa com o planeta.

Ao adotar uma postura mais sustentável, a empresa passa a ter um diferencial em relação à concorrência; ganha credibilidade e agrega valor à marca; atrai uma parcela de consumidores mais conscientes, que poderão recomendá-la para outros consumidores e atende às exigências de um mercado cada vez mais competitivo.

Selos verdes

Não só os consumidores, mas também investidores e governos estão de olho em empresas e indústrias mais sustentáveis. Por isso, se você busca investimento, ter um certificado ou selo verde pode ser fundamental. 

Ao implantar um sistema de energia solar industrial, é possível obter, por exemplo, o Selo Solar, concedido a empresas que consomem o valor mínimo anual de eletricidade solar. 

Retorno de investimento

Embora o investimento inicial para instalação de um sistema fotovoltaico ainda seja considerado relativamente alto, a energia solar industrial oferece um excelente Retorno de Investimento (ROI).  

A vida útil dos equipamentos de geração de energia solar é de, em média, 25 anos. Dessa forma, o payback é de  4 a 5 anos, representando um período de benefício até 4 vezes maior que o investimento inicial.

investimento em energia solar

Facilidade de financiamento

Hoje, no Brasil, existem diversas linhas de financiamento para quem deseja instalar um sistema fotovoltaico, seja em uma indústria, empresa ou residência. Conheça algumas das possibilidades:

Financiamento de placas solares:

Linha de crédito do Banco Santander que auxilia na compra e instalação de equipamentos para captação de energia solar, como módulos fotovoltaicos, inversores, cabeamentos, conexões e suportes;

BNDES Finame – Baixo Carbono

Financiamento concedido pelo Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) para quem deseja adquirir ou comercializar sistemas de geração de energia e de equipamentos com maiores índices de eficiência energética ou que contribuam para redução da emissão de gases de efeito estufa;

BDMG Fotovoltaico

Linha de Crédito Verde do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais para contratação indireta, via integradores de energia solar, de projetos fotovoltaicos focados principalmente para o autoconsumo; 

FCO Empresarial

Crédito do Banco do Brasil, é destinado a empresas que se dedicam a atividades produtivas nos setores industrial, agroindustrial, mineral, de turismo, de infraestrutura econômica e de comércio e serviços na região Centro-Oeste;

FNE Sol 

Linha de financiamento do Banco do Nordeste para sistemas de micro e minigeração distribuída de energia por fontes renováveis.

Há ainda a possibilidade de fazer parte de uma cooperativa ou consórcio de energia solar. Para saber mais sobre essas alternativas, leia o post no nosso blog:

Como funciona a energia solar para indústria?

Agora que você já conhece todas as vantagens, você pode estar se perguntando: mas, afinal, como funciona a energia solar para a indústria? A resposta é simples: da mesma forma que qualquer outro sistema fotovoltaico, seja ele residencial, empresarial ou de grande porte.

Como explicamos anteriormente, a energia solar industrial funciona por meio do efeito fotovoltaico, que gera energia elétrica a partir da movimentação dos elétrons na placa solar. No entanto, além dos painéis solares, o sistema fotovoltaico precisa de outros componentes para funcionar corretamente.

A energia produzida pelos módulos fotovoltaicos é de corrente contínua (CC), que não é suportada pela rede de distribuição. Por isso, essa eletricidade precisa passar por um inversor, que a transforma em corrente alternada (CA), adequada para utilização pelo maquinário, iluminação e outras necessidades da indústria.

Completam o kit de painel solar cabos e conectores, e uma string box, que vai garantir a segurança do sistema, protegendo-o de curto-circuitos. Se o sistema instalado for off-grid, também serão necessários controladores de carga e baterias para armazenar a energia excedente.

Foto: SolarVol Energia

On-grid x Off-grid

Ao decidir entre um sistema isolado ou conectado à rede para a sua indústria, é importante saber as vantagens e desvantagens de cada um. O sistema off-grid possibilita maior autonomia e independência e é muito útil para lugares remotos, em que a conexão com a rede da concessionária local é difícil.

Já os sistemas on-grid têm um custo mais baixo de instalação e correm menos riscos de ficar sem energia, uma vez que a rede de distribuição funciona como um “backup”. Além disso, o retorno financeiro é maior, em função do sistema de compensação que mencionamos anteriormente. A melhor escolha vai depender do perfil e da localização da indústria.

Instalação do sistema fotovoltaico na indústria

A instalação de um sistema de energia solar industrial é simples e rápida. Em geral, indústrias e fábricas possuem grandes áreas disponíveis para instalação de painéis solares. Seja no telhado ou no solo, o mais importante é verificar se há espaço suficiente e se a incidência solar no local escolhido é suficiente.

Para garantir a instalação correta e a eficiência do sistema fotovoltaico, é indispensável que haja uma análise estrutural e técnica profissional. Apenas um especialista poderá determinar o local mais adequado e realizar a instalação apropriadamente. 

Conte com a SolarVolt para oferecer todas as informações necessárias acerca de viabilidade técnica, regulamentação e possíveis opções de financiamento para o seu projeto de energia solar industrial!

Nosso time é altamente qualificado e já realizou 1500 projetos em 11 estados brasileiros. Venha fazer parte da cultura de sustentabilidade! Entre em contato conosco hoje mesmo e solicite um orçamento.

Revisado por:

SolarVolt Energia
SolarVolt Energia

Empresa especializada em Energia Solar


Deixe um comentário

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.