Energia Solar para IES : entenda como esta iniciativa pode influenciar na classificação de qualidade e desempenho da sua IES

Energia Solar para IES : entenda como esta iniciativa pode influenciar na classificação de qualidade e desempenho da sua IES

As mudanças climáticas, a grande crise sanitária que o planeta enfrenta com a pandemia e o próprio aquecimento global são provas de que o ser humano precisa mudar a sua maneira de se relacionar com a natureza. A procura por uma energia limpa é um dos primeiros passos dessa mudança, por isso, muitas instituições já estão adotando essa  nova postura, inclusive as IES (Instituição de Ensino Superior). Mas, afinal, a energia solar para IES pode realmente fazer alguma diferença?

Este é o assunto do nosso artigo de hoje, que pode parecer um pouco complicado de início, mas à medida que você for se aprofundando na leitura, perceberá que é mais simples do que parece.  Vamos lá?

Energia Solar para IES

A produção de energia solar é, atualmente, uma  das formas mais limpas e econômicas de se produzir energia. Para as IES, utilizar esse tipo de produção pode ser vantajoso em diversos aspectos, que podem ser bem trabalhados, desde o marketing da instituição, plano pedagógico e até na avaliação do desempenho.  

Por isso, diversas universidades em todo o mundo já adotaram esse modelo de produção de energia e já colhem os bons frutos do investimento. Estudos apontam que mais de 50% da energia das universidades americanas são provenientes da energia solar. A seguir, detalharemos como essa iniciativa pode trazer excelentes benefícios para a sua instituição, inclusive, na classificação de qualidade e desempenho. 

Como a energia solar pode influenciar na classificação da sua IES

A busca sem controles pelo desenvolvimento econômico provocou diversas alterações ambientais no último século.  Até a década de 1970, esse era um assunto pouco debatido por acadêmicos e haviam poucas publicações sobre as consequências do descontrole  da exploração dos recursos naturais.

Porém, em 1972,  tudo mudou com a I Conferência sobre o Meio Ambiente promovida pela  ONU (Organização das Nações Unidas) em Estocolmo, quie marcou a forma como o ser humano se relacionava com o meio ambiente. 

Essa conferência introduziu a ideia de consciência ambiental na agenda internacional, provocando debates em todo o mundo. Com isso, muitas instituições, principalmente, as Instituições de Ensino Superior (IES), começaram a mudar a forma como lidavam com as questões ambientais e adotarem atitudes mais sustentáveis. 

As Instituições de Ensino Superior são responsáveis por fomentar pesquisas e debates acerca do tema, por isso, ela são as primeiras que devem seguir o exemplo na busca por um desenvolvimento mais sustentável. 

 Nos últimos anos, muitos gestores de Instituições de Ensino Superior  passaram a considerar a instalação de Energia Solar em suas dependências, devido a uma gama de fatores. Como dissemos, os benefícios vão desde a economia nas despesas mensais até um melhor desempenho na classificação do MEC (Ministério da Educação).

Mas afinal, como a energia solar pode ajudar na classificação da minha IES?

Classificação de qualidade e desempenho da sua IES

As Instituições de Ensino passam por avaliações do Ministério da Educação (MEC) a cada 10 anos. Essa é uma avaliação rigorosa, principalmente, para as universidades, que precisam cumprir todos os requisitos para manterem o título de universidade. 

Dentro de todos os critérios de avaliação, que vão desde a estrutura física do local, à qualidade do corpo docente e plano pedagógico. O MEC avalia também as instituições que buscam o desenvolvimento sustentável e adotam um modelo de atuação mais harmônico com a natureza. 

Sendo a energia solar uma das formas de produção de energia mais limpas e sustentáveis, as instituições que adotam esse tipo de produção de energia recebem pontos a mais e melhoram na nota final na classificação de qualidade e desempenho realizada pelo MEC.

Portanto, a energia solar para IES é uma ótima alternativa para os gestores que procuram melhorar a avaliação da instituição. Além de todos os benefícios ambientais, a IES também passará a ser um modelo a seguir por outras instituições. 

Mas não para por aí, além do benefício da boa classificação de qualidade e desempenho. Adotar a energia solar pode trazer muitos outros benefícios para a instituição. Confira!

Conheça as outras Vantagens da Energia Solar para IES

Economia na receita da Instituição

Para os gestores, esse é um ponto muito importante e que deve ser levado em conta. Afinal, a economia é fundamental para o bom desempenho de qualquer empresa. 

A energia solar para IES reflete claramente na economia da instituição e esse é um dos primeiros pontos que devem ser notados. Com a grande quantidade de aparelhos que as faculdades e universidades utilizam, computadores, máquinas de laboratório, ar condicionado e lâmpadas. O gasto com energia se torna uma despesa enorme no final do mês.

Devido a esse fator, muitos gestores procuram maneiras de economizar e reduzir os gastos com energia. Assim, a energia solar se apresenta como uma excelente solução para quem deseja fazer essa economia.

 Segundo matéria divulgada pelo G1, a instalação de placas solares pode ajudar a economizar até 95% na conta de luz.  Além disso, o retorno com o investimento é muito alto. Considerando que a energia é um serviço essencial para o funcionamento de qualquer IES,  com o passar dos anos, esse investimento terá um grande retorno financeiro para a Instituição. 

Nesse sentido, o dinheiro poupado poderá ser revertido em outros setores importantes da instituição. Por exemplo, melhorias na infraestrutura, benefícios para os colaboradores, investimento em tecnologia e no setor de marketing.

Instalação versátil

A facilidade e simplicidade de instalação da energia solar também é um outro fator que deve ser levado em conta. Isso significa que ela pode ser instalada em quase qualquer lugar, aproveitando os espaços verticais e horizontais sem uso específico. 

Esse aspecto, juntamente com a modularidade e flexibilidade do sistema, facilita a instalação de projetos solares com a vantagem adicional de que a instalação pode ser expandida dependendo das necessidades a qualquer momento.

Além disso, se o consumo gasto for menor do que o produzido, a instituição fica com créditos de energia na companhia elétrica que possui concessão para operar em sua cidade. 

A produção de energia coincide com os momentos de demanda máxima

No Brasil, o período de maior demanda de energia concentra-se nos horários entre 17h00 e 21h00, também conhecido como horário de pico. Isso porque é neste horário que as pessoas estão retornando para casa, consumindo mais energia, além de estarem funcionando ao mesmo tempo as indústrias e fábricas, por isso este é o horário que mais se consome energia.

 Em sistemas baseados na produção de energia por usinas elétricas, o preço da energia aumenta drasticamente durante os períodos de pico. Já com a energia solar, a produção de energia atinge seu máximo no período do dia em que a demanda é maior.

 De fato, nos mercados de eletricidade com produção de energia solar em larga escala, o fornecimento adicional de energia durante os horários de pico pode reduzir os preços da eletricidade durante o meio-dia para níveis semelhantes aos do período noturno.

Marketing Verde

A energia solar para a IES também pode ser utilizada no marketing da instituição. Cada vez mais pessoas se preocupam pelas causas ambientais e procuram instituições que compartilhem de seus princípios. Por essa razão, a instalação de energia solar pode ser utilizada nas estratégias de marketing nas campanhas de atração de alunos.

O marketing verde se refere a todas as atividades que contribuem para o desenvolvimento, comercialização e promoção de produtos e serviços capazes de gerar menor impacto ambiental em relação às alternativas oferecidas no mercado.

Ou seja, as IES que utilizam energia solar, estão utilizando uma energia limpa, que não causa danos ambientais, sendo assim, ela pode utilizar dessa ferramenta para se apresentar como uma instituição ambientalmente responsável.

Além disso, a responsabilidade ambiental nas empresas tem um retorno econômico, Isso pode ser comprovado por uma pesquisa feita pela Pesquisa Global Nielsen,  que realizou um estudo por meio de entrevistas com 30.000 internautas em 60 países para analisar o comportamento do consumidor em relação à responsabilidade social dos fabricantes de bens de consumo.

A pesquisa concluiu que, globalmente, as vendas de produtos de marcas que atuam na responsabilidade social e ética cresceram mais de 4% em comparação com outras marcas que cresceram menos de 1%. 66% dos consumidores afirmam estar dispostos a pagar mais por uma marca “responsável”.

Isso quer dizer que muitas pessoas irão optar por estudar em uma instituição que apresenta responsabilidade ambiental do que em uma que não, mesmo que o valor da mensalidade seja mais alto. 

Estes são apenas alguns dos benefícios da energia solar para IES. Podemos afirmar, sem sombra de dúvidas, que além desses, muitos outros benefícios podem ser agregados em sua instituição.

Quer saber mais? Fale com a SolarVolt. Somos uma equipe capacitada, que pode analisar a sua demanda e desenvolver o projeto perfeito para a sua fábrica. 

Temos mais de 8 anos de experiência, já instalamos e homologamos mais de 1500 projetos em todo o Brasil e ainda contamos com uma assessoria financeira para analisar a viabilidade e auxiliar na busca pelas melhores linhas de financiamento. Vem com a SolarVolt: solicite um orçamento e prepare-se para uma revolução.

Revisado por

SolarVolt Energia
SolarVolt Energia

Empresa especializada em Energia Solar


Deixe um comentário

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.