Geração de energia solar: conheça as usinas em flutuadores

Geração de energia solar: conheça as usinas em flutuadores

A energia solar é limpa e renovável, apresentando inúmeras vantagens para a saúde das pessoas e para o meio ambiente. Além de uma grande economia na conta elétrica, a energia gerada pela luz solar não emite gases poluentes ou outros tipos de resíduos. Em março de 2016 o Brasil foi pioneiro no lançamento desse tipo de energia ao criar usinas em flutuadores na Hidrelétrica de Balbina, no Amazonas. O objetivo foi integrar a usina solar com a operação de usinas hidrelétricas e avaliar a influência dessa integração no ecossistema dos reservatórios. Saiba mais!

O que são as usinas em flutuadores?

A maioria das pessoas já conhece a alternativa de produção de energia elétrica a partir das placas de captação de energia solar. A ideia dos flutuadores segue exatamente o princípio do uso da luz do sol como fonte de energia elétrica. No entanto, neste caso as placas são instaladas em espécies de boias que flutuam em grandes lagos, normalmente os mesmos utilizados por usinas hidroelétricas, como no caso das represas. A partir da energia captada pelas placas fixadas nas boias, a própria usina gera a eletricidade e faz toda a distribuição.

Como se deu a iniciativa no Brasil?

O projeto se iniciou em março de 2016 na usina hidroelétrica de Balbina, que fica na região de Manaus no estado do Amazonas, como uma forma de aproveitar o amplo espaço proporcionado pelo espelho d’água do lago, tal como as subestações e linhas de transmissão que se encontravam subutilizadas. Ainda está sendo estudada a viabilidade do projeto ao longo do tempo, pois a energia solar a ser utilizada em grandes proporções, no Brasil, ainda se demonstra mais onerosa do que a energia produzida pelas hidrelétricas e usinas eólicas.

Ao mesmo tempo, esta iniciativa tem sido vista como uma excelente alternativa auxiliar à produção de energia elétrica a partir de outras fontes e, consequentemente, o aproveitamento da capacidade de produção já está sendo expandido para a represa de Sobradinho, que fica no Rio São Francisco.

Qual é a sua capacidade de produção?

A implantação inicial das plantas piloto em Sobradinho e Balbina começarão com uma geração de 1 MWp em cada unidade, em agosto de 2016. A previsão é que em outubro de 2017 um total de 10MWp esteja sendo gerado pelas usinas em flutuadores. O término das pesquisas e a apresentação de resultados devem ocorrer em janeiro de 2019.

Quais são as vantagens da energia solar?

Além de ser uma energia limpa e barata, a energia solar, em comparação à energia elétrica, traz outros benefícios, como a redução de gastos. As placas necessitam de um investimento inicial, mas a economia gerada com o não pagamento às concessionárias de energia elétrica compensa o valor pago inicialmente. O melhor de tudo é que, mesmo em locais em que não há tanta incidência do sol, esse tipo de energia pode ser utilizada. Além disso, não só as residências podem investir nessa alternativa, as empresas também. Trocar a energia elétrica pela fotovoltaica, ou mesmo aliar as duas, só traz vantagens!

E você, está pronto para trocar a energia elétrica pela solar? Tem dúvidas sobre esta importante fonte de energia? Já conhecia as usinas em flutuadores? Converse com a gente nos comentários!

SolarVolt Energia
SolarVolt Energia

Empresa especializada em Energia Solar


Deixe um comentário

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.