Hospitais solares: saiba o que são e as vantagens de instalar energia solar neste segmento

Hospitais solares: saiba o que são e as vantagens de instalar energia solar neste segmento

A busca por fontes renováveis de energia é uma grande demanda da atualidade em qualquer parte do mundo. No Brasil, o uso da energia solar tem ganhado espaço, já que as características climáticas do país permitem que esse tipo de captação atinja níveis altos de produção e aproveitamento. 

Com essas condições, diversas instituições públicas e privadas têm adotado a energia fotovoltaica e a energia térmica em substituição ou complemento à distribuição padrão das concessionárias de energia elétrica. É o caso dos hospitais, por exemplo, para os quais a mudança energética pode representar uma economia financeira significativa. 

Por isso, os hospitais solares têm ganhado espaço, e o número de instituições com esse título tende a aumentar nos próximos anos. 

Mas afinal, o que são hospitais solares? Quer saber mais sobre o tema? Continue a leitura e confira algumas das principais vantagens do uso da energia solar em hospitais!

O que são hospitais solares?

Em palavras simples e diretas, os hospitais solares são aqueles que utilizam o sol como principal fonte na matriz energética — no caso, a energia solar. Esse uso pode ser tanto o térmico quanto o fotovoltaico, ou uma complementação entre os dois. 

Alguns hospitais utilizam as placas solares como complemento no abastecimento da energia elétrica, enquanto outros podem produzir 100% da energia utilizada e arcar apenas com as taxas administrativas da concessionária responsável pela região em que estão situado, possibilitando uma economia de mais 90% na conta de luz.

No caso da energia solar térmica, ela é usada para o aquecimento da água, diminuindo a necessidade da energia elétrica no uso dos chuveiros, por exemplo.. 

Já a energia solar fotovoltaica é a conversão do calor do sol em energia elétrica. Ela é a que é mais comumente instalada em residências, condomínios e outros locais menores. A energia fotovoltaica pode ser usada para atender a qualquer necessidade do hospital, já que funciona da mesma forma que a fornecida pela rede elétrica. A diferença, nesse caso, é que ela é produzida pela própria instituição e a geração excedente é repassada à rede da concessionária e volta para o cliente em forma de créditos no abatimento no valor da conta de energia.

Quais são as vantagens do uso da energia solar em hospitais?

Agora que você já sabe o que são os hospitais solares, conheça as principais vantagens do uso da energia solar nesses locais.

Sustentabilidade 

A primeira grande vantagem da energia solar é a sustentabilidade. Trata-se de uma fonte de energia renovável, não poluente e que não causa danos ao meio ambiente. 

Diversas pesquisas e previsões apontam, já há alguns anos, que as fontes de energia não renováveis não serão mais suficientes para atender à demanda crescente da população mundial. Por isso, um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU) é aumentar substancialmente a participação de energias renováveis na matriz energética global até 2030.

Instituições que demonstram preocupação com a sustentabilidade contribuem para os objetivos nacionais e globais, além de agirem de forma efetiva para diminuir os danos ao meio ambiente.

Redução de custos

Hospitais são lugares com altíssimo consumo de energia, já que o funcionamento depende de uma série de aparelhos de alta potência e que precisam ficar ligados por longos períodos, impactando dessa forma no valor da conta de energia.

Com todas essas necessidades, os gastos com energia podem ser insustentáveis, caso não haja um bom planejamento energético. A principal forma de redução de custos é o uso de uma fonte alternativa de energia, como a energia solar, que pode diminuir em até 95% o valor dos gastos.

A princípio, o valor investido nas placas e outros equipamentos necessários pode parecer alto, mas o retorno financeiro acontece por volta de 3 a 5 anos após a instalação. Esse tempo é extremamente rápido, já que a vida útil dos módulos fotovoltaicos fica em torno dos 25 anos, com a manutenção correta.

Por fim, o uso de aparelhos de alta potência, principalmente nos horários de picos de consumo energético, pode gerar aumentos e multas aplicadas pela concessionária de energia. Esse é outro problema que pode ser resolvido pela energia fotovoltaica, já que seu uso em cogeração é capaz de reduzir o tempo de execução para atender a carga, suprindo o horário de pico ou possíveis condições meteorológicas adversas.

Incentivos fiscais

Desde 2015, os hospitais possuem incentivos fiscais especiais para a instalação de energia fotovoltaica. As ações que visam estimular a adoção de energias sustentáveis foram normatizadas por meio da Lei Federal nº 13.203, que foi instituída no dia 8 de dezembro de 2015.

Por meio da lei, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) define desconto mínimo de 50% nas tarifas de uso dos sistemas elétricos de transmissão e de distribuição àqueles hospitais que aderem à utilização de um sistema de energia distribuída/descentralizada. Ou seja, para aqueles que produzem energia com meios alternativos, como é o caso do uso de um sistema de energia solar.

Facilidade na aquisição

Além dos incentivos públicos, outra vantagem da instalação de energia solar em hospitais é a facilidade na aquisição. Existem diversos bancos com programas específicos para esse tipo de financiamento, com linhas de crédito que, na maioria das vezes, permitem financiar até mesmo 100% do projeto. 

Também existem diversas empresas que fornecem a instalação da energia solar — é possível pesquisar pelas que oferecem o melhor custo-benefício, e também por aquelas que já possuem experiência direta com as especificidades de um hospital. 

Segurança energética

“Em sistemas fotovoltaicos on grid conectados a geração é paralisada em caso de quedas de energia por parte da concessionária, por questões de segurança. Melhor não prosseguir com esse texto, pois ele dá a entender que a geração do sistema não é afetada nestes casos.” 

Alto aproveitamento 

O investimento em energia solar traz benefícios por um período longo de tempo. Como a vida útil das placas dura cerca de 25 a 30 anos, o retorno do valor gasto acontece rápido, mas o lucro ainda dura décadas. 

Além disso, a manutenção dos aparelhos é simples e barata. Se instaladas em locais de fácil acesso e sem excesso de poeira, nem mesmo a limpeza das placas demanda muito trabalho. 

Certificações de qualidade

Um hospital que recebe um selo de organização sustentável demonstra responsabilidade social e preocupação com o meio ambiente. 

Duas das certificações mais conhecidas na área são a LEED e a ISO 14001. A LEED, Leadership in Energy and Environmental Design, pertence à organização não governamental United States Green Building Council (USGBC). Ela tem o objetivo de incentivar construções sustentáveis, e um dos pilares da avaliação é a eficiência energética. 

Já a ISO 14001 é uma certificação da ABNT, a Associação Brasileira de Normas Técnicas, que regulamenta os requisitos de um sistema de gestão ambiental. Basicamente, para implementar a norma as empresas precisam aprimorar o sistema demonstrando responsabilidade com o meio ambiente por meio da adoção de práticas sustentáveis.

Apoio na construção de uma boa imagem social

Além dos certificados de qualidade, outro item que conta muito, principalmente para instituições privadas, é a opinião pública. Vale ressaltar, portanto, que além de todos os benefícios já listados acima, adotar práticas sustentáveis também é algo vantajoso para a imagem de uma instituição.

Instituições que se preocupam de verdade com o meio ambiente e promovem ações sustentáveis tendem a ser melhor aceitas pelos clientes e pela comunidade de forma geral. Tais práticas podem atrair pessoas que se identificam com os princípios da sustentabilidade e valorizam a responsabilidade social.

Afinal, vale a pena instalar energia solar em um hospital?

Se você chegou até aqui, já deve ter concluído que a resposta para essa pergunta definitivamente é sim. Os hospitais solares não são mais o futuro — essa é uma necessidade atual e urgente, não só por questões financeiras mas também pela degradação ambiental. 

Além disso, os hospitais solares representam uma grande oportunidade para diminuir gastos e melhorar a eficiência energética. Tratam-se de questões essenciais na gestão hospitalar, e que afetam diferentes aspectos de uma instituição de saúde. 

Existem, inclusive, pesquisas acadêmicas que se dedicam a estudar as vantagens da energia solar para clínicas, hospitais e redes de saúde, como esta que faz uma revisão da literatura produzida a respeito com avaliação de experiências internacionais.

Saiba mais sobre hospitais solares e outros temas relacionados

Agora que você já sabe o que são os hospitais solares e quais são as principais vantagens desse tipo de instalação, continue acompanhando nosso blog para se manter atualizado sobre o tema!

Se preferir, também estamos à sua disposição. Somos uma equipe capacitada, que pode analisar a sua demanda e desenvolver o projeto perfeito para seu hospital.

Temos quase 10 anos de experiência, já instalamos e homologamos mais de 1500 projetos em todo o Brasil e ainda contamos com uma assessoria financeira para analisar a viabilidade e auxiliar na busca pelas melhores linhas de financiamento. Vem com a SolarVolt: solicite um orçamento e prepare-se para uma revolução.

Revisado por:

SolarVolt Energia
SolarVolt Energia

Empresa especializada em Energia Solar


Deixe um comentário

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.