Kit de Energia Solar: Qual a Vida Útil dos Equipamentos?

Kit de Energia Solar: Qual a Vida Útil dos Equipamentos?

Uma vez que os sistemas de energia fotovoltaica são compostos por equipamentos de alta qualidade, eles são feitos, sem dúvidas, para durar! Justamente por estarem expostos a condições temporais variáveis, os equipamentos de um kit de energia solar precisam, principalmente, apresentar uma estrutura que suporte frio, calor, chuva, granizo e outras eventuais circunstâncias do tempo.

Por mais que os painéis fotovoltaicos sejam robustos e os fabricantes se esforcem para garantir o máximo de confiabilidade aos equipamentos, é impossível evitar que o material sofra desgastes pela exposição ao ambiente. 

Dessa forma, é de se esperar que tudo tenha uma validade. Mas até que ponto isso afeta — se é que afeta — a eficiência do sistema de energia fotovoltaica? 

Saiba a resposta dessa pergunta e muito mais a respeito da vida útil desses equipamentos agora mesmo, através do nosso post.

O desgaste do Kit de Energia Solar

Nos primeiros anos de funcionamento, a degradação do kit de energia solar (principalmente dos painéis) é um pouco mais visível. O simples fato do equipamento sair da caixa para ficar diretamente exposto às intempéries climáticas impede que os painéis se mantenham imunes. 

Mas o que você precisa realmente saber é que esse desgaste dos anos iniciais não afeta em praticamente nada a eficiência dos painéis. Eles já são projetados pensando nisso.

Os módulos, um dos elementos do kit, sofrem com a sujeira por estarem totalmente expostos ao ambiente. Usinas fotovoltaicas, principalmente as de solo, são mais impactadas com essa situação, o que interfere na sua geração caso não haja manutenções (limpezas) realizadas regularmente.

A durabilidade do Kit de Energia Solar

A expectativa de vida útil e de durabilidade dos painéis solares depende da garantia de cada fabricante, que é calculado, em média, para um período de 25 anos.

Atualmente, com os constantes progressos tecnológicos, os painéis atualmente fabricados são mais robustos e têm maior durabilidade. Por consequência, a perda de eficiência deles é muito pequena: os fabricantes garantem 90% da potência até o décimo segundo ano e 80% em 25 anos.

É importante destacar essa evolução dos módulos. Os painéis de hoje em dia apresentam uma potência praticamente duas vezes maior que os de 4 anos atrás! Isso é notável em um período de tempo tão curto.

A longevidade dos Equipamentos Fotovoltaicos

Considerando todos os equipamentos do Kit de Energia Solar, o tempo de vida de um sistema de energia fotovoltaica ligado à rede de transmissão energética convencional é, em suma, um período de 30 a 40 anos (como um todo).

A garantia de 25 anos (citada no tópico anterior) diz respeito ao tempo em que os fabricantes comprovadamente atestam que os painéis solares funcionarão de forma eficiente,com potencial de produção de pelo menos 80% durante esse período.

Para sistemas isolados, ou seja, aqueles sistemas de energia fotovoltaica não ligados à rede convencional, conhecidos também como sistemas off grid, deve-se considerar também a vida útil das baterias de armazenamento de energia e dos controladores de carga. Contudo, esses casos não são frequentes no Brasil, mas vale ressaltar, uma vez que se trata de um sistema fotovoltaico e os materiais utilizados neles também necessitam de manutenções e estudos de vida útil. 

As possibilidades do Inversor Solar

Os inversores são equipamentos compostos por elementos complexos que regulam a qualidade da energia na saída, evitando perda de potência. São itens que integram tanto os sistemas de energia fotovoltaica conectados à rede padrão quanto os sistemas isolados, que armazenam, eles próprios, a energia.

O tempo de vida útil de um inversor é de cerca de 10 anos, podendo chegar a 15 ou mais, dependendo das condições do ambiente e da ocorrência de descargas atmosféricas.

Em relação a tais descargas atmosféricas, tratam-se de fenômenos da natureza, situações completamente imprevisíveis.  Sendo assim, não conseguimos garantir uma proteção dos equipamentos 100% segura, isto é impossível. O que se pode fazer é a proteção das entradas (parte CC) e das saídas (parte CA) do inversor através de medidas de proteção contra surtos (MPS), com a instalação de dispositivos de proteção contra surtos (DPS).

inversor solar modelos

Um sistema bem protegido garante uma vida prolongada aos equipamentos.

A melhor notícia é que, além dos DPS mencionados acima, já existem também chaves seccionadoras e disjuntores pra lá de avançados que proporcionam essa proteção. Com os avanços da tecnologia nos últimos anos, os inversores solares foram aprimorados, e alguns já apresentam a proteção de entrada (corrente contínua) interna, ou seja, embutida no próprio equipamento. Isso possibilita, por exemplo, a não necessidade do uso de strings BOX.

Até aqui fica claro que investir na atualização do equipamento pode ser uma boa alternativa para garantir que o sistema fotovoltaico mantenha sua melhor performance.

Temperaturas muito altas afetam o tempo de vida de um inversor solar, por isso é fundamental escolher um local mais arejado para posicionar os equipamentos elétricos e até recorrer a mecanismos de resfriamento extra, em condições mais extremas.

É importante também inspecionar corriqueiramente o estado em que se encontram equipamentos desse tipo, verificando se ainda funcionam com a devida qualidade.

A validade das baterias

As baterias são equipamentos típicos do funcionamento de um sistema isolado que determinam a autonomia do sistema. É o item que sofre desgaste mais rapidamente.

Mas considerando que os sistemas de energia fotovoltaica têm durabilidade de 30 anos, não faz sentido poupar na aquisição de baterias, concorda? As baterias estacionárias ou de ciclo profundo, mais adequadas a um sistema de geração energética como esse, têm uma vida útil de apenas 4 ou 5 anos.

Conclusão do custo/manutenção dos kit fotovoltaicos

Após a leitura desse artigo, fica mais fácil entender como o investimento em um sistema de energia fotovoltaica é duradouro e recompensador. Os equipamentos são de alta qualidade e o sistema é projetado para ter uma vida útil prolongada.

Ainda ficou com dúvidas sobre a vida útil dos equipamentos de um sistema como esse? Deixe um comentário e continue acompanhando nossas publicações! 

Revisado por:

SolarVolt Energia
SolarVolt Energia

Empresa especializada em Energia Solar


16 Respostas a “Kit de Energia Solar: Qual a Vida Útil dos Equipamentos?”

  1. Marcelo Oliveira disse:

    Me interessei, preciso de mais informações.

    1. Márcia Lima disse:

      Boa tarde Marcelo, tudo bem?
      Você pode entrar em contato com um de nossos consultores, é só clicar no link: https://contato.solarvoltenergia.com.br/fale , ficaremos felizes em esclarecer suas dúvidas 🙂

  2. Camila disse:

    Gente, valeu mesmo toda as dicas aqui! Estou pesquisando com minha mãe para instalação destes equipamentos no sítio onde ela mora láa na Amazônia. Obrigado pelo esclarecimento.

    1. Ei Camila, que bom que gostou! Conte conosco.

  3. Gabriel disse:

    Como faço para fazer um orçamento.

    1. Neto Rodrigues disse:

      Olá, Gabriel. Tudo bem? Obrigado pelo interesse.

      Pra fazer um orçamento sem compromisso com a SolarVolt basta preencher o formulário desta página: https://contato.solarvoltenergia.com.br/fale

      Estamos no aguardo. Abraços.

  4. zaca disse:

    Tenho dois paineis solares, e duas baterias de 185 amp, qual é o inversor ideal para este sistema?

    1. Neto Rodrigues disse:

      Olá, Zaca. Trabalho com a SolarVolt e agradecemos seu comentário!

      O inversor dependerá das cargas nas quais você deseja alimentar.

      Um abraço.

  5. Miguel Angel Sarquis disse:

    Tenho uma casa em Barra do Una , Sao Sebastiao, Sao Paulo. Frente para o mar e com “maresia” intensa. Gostaria de saber os efeitos da mesma nos paineis coletores? Muito obrigado

    1. Neto Rodrigues disse:

      Olá, Miguel. Trabalho com a SolarVolt e agradecemos seu comentário!

      As placas convencionais possuem partes metálicas e a maresia é um acelerador da corrosão metálica.
      Temos disponível no mercado os módulos Canadian vidro-vidro, ela se diferencia por ter seu layout todo de vidro.

      Um abraço!

  6. Harón disse:

    Oí Neto, tudo bem?.
    Uma pergunta.
    Esse sistema conectado à rede sem bateria, como funciona de noite quando não tem sol???
    Já que para consumir direto dos painéis ou módulos tem q ter sol.
    Espero q tenha entendido minha pergunta.

    1. Neto Rodrigues disse:

      Olá, Harón, tudo certo e você?

      Obrigada pelo comentário. A rede da concessionária funciona como bateria. Ou seja, durante o dia todo o excedente produzido é armazenado e utilizado durante a noite. Qualquer dúvida, estamos à disposição.

      Um abraço!

  7. Milton Leandro Tavares Varela disse:

    Estamos a fazer um trabalho de grupo da cadeira de Avaliação de Projectos de Investimentos, que visa a avaliaçaõ de um projecto fotovoltaico, e o projecto demora 25 anos, só que a depreciação de acordo com o investimento feito a taxa de 8% vai até aos 12 anos e meio, a partir desses 12 anos e meio não temos as depreciações, então temos duas saídas: reinvistir ou conseguir uma ficha técnica que prova que equipamento demora mais tempo, de acordo com as pesquisas que tenho feito o preríodo de vida útil do equipamento é de 25 anos, más só que a bateria do equipamento tem um periodo de vida útil que varia entre os 3 a 15 anos, não sei como fazer para reinvistir em baterias dos paneis solares.
    Obrigado

    1. Neto Rodrigues disse:

      Olá, Milton. Trabalho com a SolarVolt e agradecemos seu comentário!

      A garantia dos módulos é de 25 anos, com decaimento de 0,5% ao ano. Ou seja no 25º ano seus módulos estarão gerando 80% da energia inicial, o que pode lhe garantir isso é o termo de garantia ofertado pelo fabricante. A vida útil pode chegar à 40 anos, dependendo da conservação dos módulos.
      O sistema conectado à rede não utiliza baterias. Portanto é um equipamento à menos para se preocupar. Quanto à garantia das baterias, sistema autônomo, esta dependerá do fabricante.

      Um abraço.

  8. Elissandro disse:

    Estou fazendo o custo beneficio da instalação de um sistema de geração de energia solar fotovoltaica, a vida útil de cada um dos componentes do sistema é muito importante na hora de viabilizar o projeto, levando em conta a amortização do investimento.

Deixe um comentário

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.