O sistema fotovoltaico é compatível com os equipamentos de uma casa?

O sistema fotovoltaico é compatível com os equipamentos de uma casa?

Já imaginou receber a conta de energia elétrica com a fatura praticamente zerada? Ou melhor: já pensou em ter crédito com a companhia de energia? Saiba que isso é possível sim! Pois de acordo com as novas regras da ANEEL, existe um sistema para compensação de créditos favorecendo o consumidor, o que facilita economicamente a instalação de um sistema fotovoltaico.

Mas em meio a essa novidade, surge uma dúvida crucial: Será que os seus aparelhos e equipamentos serão compatíveis com um sistema fotovoltaico de eletricidade? Neste post, vamos esclarecer as dúvidas mais frequentes sobre essa tecnologia que está em alta quando o assunto é eficiência energética.

Afinal, o que é um sistema fotovoltaico?

Um sistema fotovoltaico é utilizado para a geração de energia elétrica, é composto por vários equipamentos, painéis fotovoltaicos e outros componentes que são projetados para converter energia solar em eletricidade.

Um sistema de geração de energia fotovoltaica depende basicamente da luz solar, por isso, deverá ser um sistema complementar da energia que é fornecida pela companhia de energia. Quando a luz solar estiver em sua intensidade máxima, o sistema fotovoltaico poderá gerar energia elétrica em maior quantidade que o consumo de uma residência.

A energia elétrica excedente será exportada para a companhia distribuidora. Em contrapartida, em dias de chuva ou de céu nublado, o sistema poderá recuperar a energia excedente da rede da concessionária.

Aparelhos eletroeletrônicos são compatíveis?

Muitas dúvidas surgem sobre a capacidade do sistema em alimentar chuveiros e aparelhos condicionadores de ar, entre outros. Caso o sistema esteja nos níveis de tensão da rede (110 ou 220V), ele será alimentado pela energia solar, assim como qualquer outro equipamento conectado a essa mesma instalação. No sistema conectado à rede, não é preciso utilizar baterias para armazenar a eletricidade obtida da luz do sol durante o dia, sendo que as lâmpadas e outros aparelhos elétricos irão funcionar normalmente à noite ou em períodos nublados pela energia entregue pela concessionária.

O inversor é importante num sistema fotovoltaico para que as cargas em corrente alternada sejam alimentadas. Ele faz a transformação da corrente contínua para corrente alternada, permitindo que os aparelhos eletroeletrônicos convencionais sejam alimentados normalmente.

Quero instalar em minha casa; o que devo fazer?

O primeiro passo para realizar a instalação de energia solar em sua casa é analisar a sua conta de energia e o seu consumo mensal em kWh. Com base nesses números a SolarVolt poderá dimensionar o sistema fotovoltaico que vai precisar. Com esses dados, você poderá conhecer os custos de instalação e também uma base de quanto será a economia após a instalação do sistema.

Você não deverá instalar os painéis solares sozinho. A não ser que seja um técnico especializado ou um engenheiro que tenha experiência, não é recomendado tentar fazer a instalação por conta própria. Existem duas as razões para você não realizar a instalação dos painéis solares: 1) É perigoso e você poderá se acidentar caso não proceda de maneira correta. 2) Para poder conectar o sistema em casa, você vai precisar de autorização da distribuidora de energia e apenas engenheiros e eletrotécnicos poderão fazer esta solicitação para você.

Chame uma empresa especializada e veja as possibilidades de instalar um sistema fotovoltaico em sua residência, pois além de economizar, você estará contribuindo para o desenvolvimento energético do país.

E então, tem alguma dúvida sobre sistema fotovoltaico? Deixe seu comentário!

SolarVolt Energia
SolarVolt Energia

Empresa especializada em Energia Solar


Deixe uma resposta

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.