Potencial energético: entenda como a energia solar pode ser aproveitada

Potencial energético: entenda como a energia solar pode ser aproveitada

Em tempos de preocupação com a escassez hídrica e com as emissões de gases do efeito estufa, as pessoas vêm buscando alternativas de produção de energia mais limpas, acessíveis e, claro, eficientes. Dentre as possibilidades existentes, a energia solar se apresenta como uma ótima opção para suprir as demandas de países com muita irradiação. E esse é o caso do Brasil! Contudo, para que esse cenário cresça por aqui, é importante que as pessoas entendam como realmente funciona a energia solar. Ficou curioso? Então descubra agora mesmo:

O que é a irradiação solar

A verdade é que a irradiação solar é fonte de quase toda a energia existente no planeta. Parte da irradiação existe na forma do mesmo calor que evapora a água responsável por encher os reservatórios das hidrelétricas quando se precipita como chuva. A outra parte, por sua vez, apresenta-se como luz, elemento essencial à fotossíntese.
Em termos energéticos, a irradiação solar é medida em kWh/m² (quilowatt por hora por metro quadrado), unidade de medida que, de modo simplificado, quantifica o montante de energia solar que cada metro quadrado de determinada área recebe em uma em um período de tempo qualquer.

A irradiação solar no Brasil

No Brasil, a irradiação solar se distribui em intensidades variadas, mudando de acordo com a época do ano e com a região do país. De modo geral, as regiões Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste são, respectivamente, os locais mais beneficiados. Mas por mais que o Norte e o Sul não se equiparem em termos de potencial, também têm uma boa média.
Mesmo com essas diferenças, o Brasil é um dos locais com maior potencial solar do mundo. Segundo o Atlas de Irradiação Solar no Brasil, o território nacional recebe entre 4,25 e 6,5 kWh/m² de irradiação solar por dia. Para você ter uma ideia, na Alemanha — um dos países que mais utilizam a energia solar no mundo —, o lugar mais ensolarado recebe cerca de 35% menos irradiação solar do que a região brasileira menos iluminada. E mesmo assim aproveitamos apenas 15% de energia solar se comparado ao que é gerado pelos alemães! Um enorme desperdício de potencial, não concorda?

Como funciona a energia solar

Além de manter a vida no planeta, o calor e a luz do sol também podem atender às nossas necessidades por energia. Veja exatamente como abaixo:

Fonte de energia térmica

Você sabia que o sol pode aquecer, por exemplo, a água do seu banho? Isso graças aos aquecedores solares, cada vez mais comuns nas residências brasileiras. Eles dispositivos são muito simples, compostos por um conjunto de placas que captam a irradiação solar para aquecer a água que circula nas tubulações das casas.

Fonte de energia luminosa

Também existem mecanismos que, em vez do calor, usam a luz do sol para gerar energia elétrica. As células fotovoltaicas (geralmente feitas de silício), por exemplo, transformam a luminosidade em eletricidade. Essa energia fica, então, acumulada em baterias e pode ser usada posteriormente. Por ser barata, fácil de instalar e manter, as células fotovoltaicas são indicadas para a maioria das residências e empresas. E o melhor de tudo é que essa solução ainda ajuda a baratear o valor de suas contas de luz!

Agora que você já sabe como funciona a energia solar, que tal ler algumas informações úteis para quem deseja aproveitar esse potencial energético? E se você ainda tiver alguma dúvida em relação ao assunto, deixe sua questão aqui nos comentários!

SolarVolt Energia
SolarVolt Energia

Empresa especializada em Energia Solar


Deixe um comentário

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.