Energias Renováveis: Quais as Vantagens e Desvantagens?

Energias Renováveis: Quais as Vantagens e Desvantagens?

Muitas vezes, o termo renovável faz com que as pessoas só pensam nas vantagens que essas fontes de energia oferece. Entretanto, vale ressaltar que também existem desvantagens a serem consideradas, não é mesmo? Quer saber mais sobre as vantagens e desvantagens das energias renováveis? Então confira agora mesmo nossa seleção de prós e contras.

Fontes de energia renováveis

Energia renovável nada mais é que aquela produzida a partir de recursos naturais reabastecidos pela natureza — como a água, que oferece energia hidráulica, o calor do interior da Terra, com sua energia geotérmica, a luz do sol, que gera energia solar, e o vento, que contribui com a energia eólica.

Tendências apontam para um futuro pautado pela energia renovável.

Entenda melhor as vantagens e desvantagens:

Vantagens das energias renováveis

Vamos começar pelo óbvio: a renovação.

Diferentemente do que ocorre com outras fontes tradicionais de energia — como o carvão, o petróleo e o gás natural, as fontes de energias renováveis contribuem para a redução da dependência dos combustíveis fósseis, recursos sujeitos a muitas variáveis de instabilidade.

Não por acaso, as regiões detentoras de recursos não renováveis, incluindo ainda as matérias-primas para a produção de energia nuclear, normalmente são locais de conflitos constantes, que acabam interferindo no custo dessa energia para governos, empresas e, consequentemente, consumidores. A energia renovável é muito mais democrática.

Outra vantagem das energias renováveis está na contribuição para evitar o aquecimento global, fenômeno climático provocado pela retenção de calor acima do normal na superfície terrestre e nos oceanos.

No qual as consequências do aquecimento global podem ser catastróficas para o ecossistema: extinção de flora e fauna, secas, enchentes e interferência na agricultura. Bem como uma das maiores causas do aquecimento global se dá pela utilização de combustíveis fósseis, a energia renovável ajuda a reduzir os impactos da produção no meio ambiente, diminuindo a poluição e a emissão de tóxicos.

Assim, muitos defensores da energia renovável garantem, ainda, que o renovável fornece maior oportunidade de geração de empregos para famílias e comunidades em todo o mundo.

Desvantagens das energias renováveis

Fontes de energias renováveis originárias a partir do vento, da água e da luz solar, recursos disponíveis em quase todas as partes do globo, têm basicamente um grande inconveniente: estão sujeitas à imprevisibilidade da natureza.

Desse modo, quando não há luz solar, ou vento, ou ainda quando as reservas das hidrelétricas passam por uma estiagem, não há como produzir energia.

O fato é que as mudanças climáticas que transformaram o curso das estações estão cada vez mais atuantes. Assim, o risco de se diminuir a produção de energia de fontes renováveis pode eventualmente acabar comprometendo o abastecimento da população.

Por falar em abastecimento, a verdade é que, hoje, as energias renováveis ainda não conseguem gerar uma quantidade de energia como a produzida pelos combustíveis fósseis. Isso quer dizer que, para fornecer energia ​​suficiente para o consumo da população atual, seria necessário a criação de um grande número de usinas de energia renovável.

Assim, isso nos leva a outra desvantagem: o custo de investimento inicial. O uso de recursos renováveis exige um grande estudo de impacto ambiental e, muitas vezes, como no caso das hidrelétricas, exige o remanejamento de populações inteiras para a construção das usinas. Esses custos, somados à própria construção das instalações, acabam por tornar a produção de energia renovável muito onerosa.

Agora que você conhece tanto os prós como os contras das energias renováveis, leia nosso artigo para saber quais são as fontes renováveis de energia alternativa!

Gabriel Guimarães
Gabriel Guimarães

Diretor Comercial

Uma Resposta a “Energias Renováveis: Quais as Vantagens e Desvantagens?”

  1. Avatar Laura Vinaud disse:

    O ideal seria investir sim em usinas de energia renovável, e a longo prazo, estabelecê-las como nossas fontes de energia principal, utilizando as de fonte não-renovável apenas nos períodos em que a energia renovável não consegue ser produzida de maneira suficiente!
    O extenso estudo de impacto ambiental é bem interessante e devia ser apenas menos burocrático e demorado, e o seria, caso os órgãos ambientais conseguissem expandir seu número de funcionários, unidades e investir em tecnologia para processamento. No caso das hidrelétricas, as alternativas locacionais por bacia deveriam ser estudadas de forma multidisciplinar, apontando os pontos mais interessantes para sua construção e formas de compensação da utilização da área.
    Parabéns pelo site!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.