7 razões para investir em energia solar agora

7 razões para investir em energia solar agora

Com as mudanças de paradigma ambientais e econômicas, a questão da sustentabilidade energética deixou de ser discurso e tornou-se prática rotineira. Além do aumento da procura estar tornando a tecnologia cada vez mais barata, incentivos fiscais e as mudanças climáticas têm evidenciado a rentabilidade do investimento em energia solar. Confira a seguir sete razões para investir em energia solar agora mesmo.

1. A energia solar é limpa e virtualmente inesgotável

Diferente da energia proveniente de combustíveis fósseis ou mesmo de fontes renováveis como o etanol, a energia solar é virtualmente inesgotável e não depende de processos secundários de transformação.

O petróleo e o etanol, por exemplo, precisam ser queimados para liberar energia e, com isso, geram subprodutos como dióxido de carbono, vapor de água e material particulado (poluentes). Estes são, aliás, os gases de efeito estufa (GEEs).

Além disso, uma vez esgotado o combustível (etanol ou petróleo, em nosso exemplo), é necessária a aquisição de novos estoques, o que implica em gastos financeiros e logísticos diversos.

Porém, as placas solares fotovoltaicas extraem lidam direto com a fonte primária, que é o sol, não necessitando de processos secundários, em geral menos eficientes e mais caros, para a obtenção de energia. Assim, investir em energia solar é investir em uma fonte limpa e segura de geração de eletricidade.

2. Investir em energia solar garante a segurança energética do seu empreendimento

Conforme temos observado, a segurança energética tem estado sob frequente ameaça perante as mudanças climáticas e as deficiências infra-estruturais do país. Temos testemunhado as dificuldades em se manterem os níveis de água nos reservatórios de hidrelétricas devido à falta de chuvas e à má gestão de recursos hídricos. Disso resulta um déficit no abastecimento de eletricidade, pois as hidrelétricas não conseguem gerar energia suficiente, trabalhando aquém do potencial instalado.

Para compensar esse gap e assegurar que não haja apagões, são acionadas as fontes de energia alternativa, que no caso do Brasil são predominantemente termelétricas a carvão e a óleo diesel. Além de serem altamente poluentes, essas fontes são pouco eficientes, além de caras. Esse custo é repassado ao consumidor final, encarecendo a conta de energia, o que pode ser observado pela bandeira tarifária vigente.

Dependendo da sua localidade, esse cenário pode ser ainda pior. Regiões como o interior de Minas Gerais têm sofrido com a escassez de chuvas, situação que tende a agravar-se. Nesses locais, a conta de energia é mais alta, tornando o ato de investir em energia solar ainda mais atraente.

O motivo disso é que, uma vez instaladas as placas fotovoltaicas em seu empreendimento, além de trazer segurança energética para você, as a energia gerada independente da rede pública representa uma economia tão significativa na conta de luz que seu investimento inicial pode ser compensado em quatro a oito anos, dependendo também do seu consumo.

Se você consome muita eletricidade, investir em energia solar é certamente um item a entrar o quanto antes em seu planejamento estratégico.

3. Investir em energia solar não é mais um mistério

Além das plantas de energia solar para empreendimentos, o crescente interesse da população em geral em gerar sua própria energia através dos módulos domésticos tem ocasionado o barateamento da tecnologia.

Ainda que o custo inicial possa ser elevado, o investimento em energia solar é de longo prazo e seguro, uma vez que as placas têm garantia de fábrica de até 25 anos e os inversores de no mínimo cinco e até 12 anos. Com esse prazo, planejar a aquisição de um sistema fotovoltaico deixou de ser um mistério, até mesmo porque há linhas de financiamento específicas para isso.

Se você está considerando consultar linhas de crédito e possibilidades de investimento, sugerimos que comece sua procura a partir dos financiamentos específicos para a aquisição de sistemas de aquecimento solar e placas fotovoltaicas, entre os quais mencionamos BNDES Eficiência Energética e CEF Construcard.

4. Investir em energia solar é um mercado em expansão

Com o lançamento de diversos programas de incentivos públicos e privados e a realidade cada vez mais premente das mudanças climáticas, os cidadãos e empreendedores vêm buscando alternativas melhores para garantir o provimento de energia para suas necessidades diárias.

O efeito desse comportamento é que o mercado de energia solar expandiu, mesmo no auge da retração econômica e financeira ocasionada pela crise política pela qual o Brasil passou entre 2015 e 2016. Nesse sentido, investir em energia solar é uma tendência de mercado.

5. Investir em energia solar agrega valor aos empreendimentos

As mudanças de paradigma a respeito de meio ambiente têm tornado cada vez mais evidente que a sustentabilidade financeira e econômica de um empreendimento não está separada da ambiental.

Quem investir em energia solar certamente estará dando um passo adiante na diferenciação do seu produto no mercado, tanto em função da redução de custos quanto pela promoção da sustentabilidade, preocupação de muitos consumidores com alto poder aquisitivo.

Pesquisas feitas em 2015 nos Estados Unidos concluíram que a instalação de sistemas fotovoltaicos pode implicar na valorização de até 4% do imóvel em questão. Estudo semelhante não foi, ainda, realizado no Brasil, mas não é difícil compreender o motivo da valorização.

Se você imaginar que é um comprador de um imóvel ou empreendimento e está deparando-se com duas possibilidades de igual valor, custo e características muito semelhantes. No entanto, uma delas tem um sistema solar instalado. Qual você escolheria?

Lembre-se que você ficará livre das contas de energia e das bandeiras tarifárias, se optar pela construção com sistema fotovoltaico instalado.

Mesmo que inicialmente você pague mais, a economia e a independência energética oferecidas pela presença do sistema fotovoltaico compensará rapidamente o maior custo inicial, além de prevenir você contra as desagradáveis surpresas oriundas dos reajustes tarifários imprevisíveis da concessionária de energia.

No caso de você instalar em seus empreendimentos, a lógica é a mesma, e placas solares fotovoltaicas trarão maior liquidez à venda de seus imóveis.

6. Vantagem geográfica brasileira

No Brasil, estima-se que incidam 2.500 horas de sol por ano, o que equivale a 4,5 a 6 kWh por dia. Ou seja, temos uma enorme vantagem geográfica, mesmo no inverno. Para termos uma idéia, 7,4% da matriz energética da Alemanha é solar, apesar da quantidade de energia que incide na superfície ser aproximadamente menos da metade da brasileira (1124,2/ano).

7. O excedente de energia produzido vira crédito

Se a sua geração de eletricidade for superior ao seu consumo, você pode oferecer o excedente de energia à rede energética local. Para contabilizar seus créditos, a concessionária instala um medidor da energia, que é capaz de quantificar o excedente gerado e revertê-los em créditos para você.

Há regras específicas para isso na Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), cujos detalhes você pode consultar na Resolução Normativa 482/2015. Mas podemos adiantar que os créditos têm validade de cinco anos e poderão ser aproveitados quando a geração de energia for aquém do consumo.

Como você pode notar, investir em energia solar está cada vez mais simples, acessível, viável e interessante. Para os empreendedores, é estratégico incluir a aquisição de um sistema solar fotovoltaico em seu planejamento financeiro. Além disso, é um investimento seguro, de longo prazo e que oferece a possibilidade de converter o excedente gerado em créditos junto à rede pública.

Esperamos que esse conteúdo tenha ajudado você. Fale com um consultor SolarVolt e descubra qual a melhor alternativa de investimento para o seu negócio ou residência.

Natália Müller
Natália Müller

Analista de Marketing

Uma Resposta a “7 razões para investir em energia solar agora”

  1. Parabéns pela publicação!

    Realmente investir em energia solar fotovoltaica facilita a vida das pessoas no sentido de economizar na conta de luz. Iniciativas como essas promovidas por empresas privadas e governo beneficiará não somente a população, mas também o meio ambiente.

    Mais energias renováveis, mais sustentabilidade para o Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.