O retorno do investimento em energia solar

O retorno do investimento em energia solar

Em um planeta cada vez mais voltado para soluções sustentáveis e econômicas, o retorno do investimento em energia solar tem atraído a atenção de consumidores e empresas em busca de alternativas energéticas renováveis no Brasil. Em 2023, o país viu um crescimento de 40% na geração distribuída de energia solar, adicionando mais de 625 mil sistemas fotovoltaicos com uma capacidade total de 7,4 GW. 

E a energia solar fotovoltaica, em particular, destaca-se por sua capacidade de converter a luz do sol em eletricidade de maneira eficiente, promovendo não apenas uma redução significativa nos custos com energia elétrica, mas também contribuindo para a sustentabilidade ambiental. 

Este artigo aborda os aspectos cruciais da energia solar, desde seu funcionamento, custos e tempo de retorno do investimento, até como você pode iniciar sua jornada em direção a uma solução energética mais verde e econômica.

Como a energia solar fotovoltaica funciona?

A energia solar fotovoltaica funciona através da conversão direta da luz solar em eletricidade, utilizando células fotovoltaicas. Estas células, geralmente feitas de silício, captam a energia solar e a transformam em corrente contínua (CC). Um inversor então converte essa corrente contínua em corrente alternada (CA), que pode ser utilizada para alimentar residências, empresas e ser injetada na rede elétrica.

Sistemas de energia solar fotovoltaica podem ser instalados em telhados ou em grandes áreas abertas para maximizar a captação de luz solar.

Quanto custa a energia solar?

O custo de um sistema de energia solar fotovoltaica varia de acordo com a capacidade de geração de energia, a qualidade dos equipamentos, e as especificidades do local de instalação. Um sistema residencial básico pode custar entre R$15.000 e R$25.000, enquanto instalações comerciais ou industriais de maior escala podem exigir investimentos significativamente maiores.

Entretanto, incentivos fiscais, linhas de crédito especiais e programas de financiamento podem reduzir esses custos iniciais, tornando o investimento em energia solar mais acessível.

Qual o tempo de retorno do investimento?

O tempo de retorno do investimento em energia solar, conhecido como “payback”, varia conforme a localização, a eficiência do sistema, o custo da energia elétrica local e os incentivos governamentais. No Brasil, o payback para sistemas residenciais e comerciais pode variar entre 4 a 8 anos. Fatores como aumento das tarifas de energia elétrica e a redução dos custos dos sistemas solares contribuem para diminuir o tempo de payback, tornando o investimento ainda mais atraente.

Como se dá o retorno do investimento em energia solar?

O retorno do investimento em energia solar ocorre de várias formas. A mais imediata é a redução na conta de luz, visto que a energia gerada pelo sistema solar diminui a dependência da rede elétrica. 

Além disso, sistemas conectados à rede podem gerar créditos energéticos quando produzem mais energia do que o consumido, créditos estes que podem ser utilizados para abater o consumo em meses subsequentes. A valorização do imóvel e a proteção contra futuros aumentos nas tarifas de energia elétrica são outros aspectos que contribuem para o retorno financeiro do investimento em energia solar.

Como começar?

Iniciar no mundo da energia solar fotovoltaica envolve algumas etapas:

  • Avaliação da viabilidade: verificar a incidência solar no local desejado e a existência de obstáculos que possam sombrear os painéis solares;
  • Dimensionamento do sistema: definir o tamanho do sistema com base no consumo energético do local e na capacidade de investimento;
  • Orçamento e financiamento: pesquisar preços, escolher fornecedores confiáveis e avaliar opções de financiamento disponíveis;
  • Instalação: contratar uma empresa especializada para instalar o sistema de acordo com as normas técnicas e de segurança vigentes;
  • Conexão à rede: realizar o processo de conexão do sistema à rede elétrica local, se aplicável, para permitir a troca de energia.

A escolha pela energia solar não se limita apenas aos benefícios econômicos; ela reflete também um compromisso com a sustentabilidade e com um futuro energético mais limpo e renovável. O retorno do investimento em energia solar é uma realidade tangível que combina vantagens financeiras com a redução do impacto ambiental, alinhando-se às necessidades do presente sem comprometer as possibilidades das futuras gerações.

Conclusão

Investir em energia solar fotovoltaica é uma decisão estratégica que requer planejamento e conhecimento. Os custos iniciais, embora possam parecer elevados, são compensados pela economia na conta de luz, pelos incentivos fiscais e pela valorização do imóvel. 

O tempo de retorno do investimento também se mostra cada vez mais atraente, à medida que os custos dos sistemas solares diminuem e as tarifas de energia elétrica tendem a aumentar.

Neste contexto, entender o funcionamento da energia solar, os custos envolvidos, o tempo necessário para recuperar o investimento e como dar os primeiros passos são aspectos fundamentais para quem deseja aproveitar as inúmeras vantagens dessa tecnologia. 

O retorno do investimento em energia solar é uma oportunidade que alia rentabilidade financeira à responsabilidade ambiental, posicionando-se como uma das melhores escolhas para quem busca alternativas energéticas sustentáveis e economicamente viáveis.

Agora que você já entendeu um pouco mais sobre o retorno do investimento da energia solar, que tal descobrir qual é a melhor solução de energia fotovoltaica para o seu caso? Entre em contato com a SolarVolt e saiba como dar os primeiros passos nesse investimento.

SolarVolt Energia
SolarVolt Energia

Empresa especializada em Energia Solar


2 Respostas a “O retorno do investimento em energia solar”

  1. Em média, quanto tempo demora para recuperar o investimento em um sistema de energia solar doméstico?

    1. Neto Rodrigues disse:

      Olá,
      O retorno do investimento gira em torno dos 4 ou 5 anos!

Deixe um comentário

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.