Sistema Solar Fotovoltaico Para Obras Que Funcionam Com Geradores: Entenda Como Isso É Possível

Sistema Solar Fotovoltaico Para Obras Que Funcionam Com Geradores: Entenda Como Isso É Possível

Grande parte dos canteiros de obras pelo Brasil ainda usam geradores para alimentar maquinários, dormitórios de funcionários e equipamentos. Mas você já pensou em conduzir uma obra muito mais limpa, barata, com menos ruído e sustentável? Pois saiba que isso é possível, e está ao seu alcance com um sistema solar fotovoltaico. 

Os geradores a diesel são uma solução comum, mas nem de longe são a melhor opção atualmente para o seu canteiro de obras. Com a evolução da tecnologia, hoje é possível ter acesso à energia elétrica de maneiras que agregam muito mais benefícios à sua construção. 

Neste artigo, vamos explicar como funciona um gerador solar, as vantagens em usá-lo e como você pode ter acesso a essa tecnologia do futuro já no presente. Leia todo o post até o fim e fique por dentro das novidades! 

Como funciona um sistema solar fotovoltaico? 

A energia solar é uma forma sustentável, limpa e barata de gerar energia elétrica. Esse sistema aproveita a energia do sol e a transforma em corrente elétrica para o abastecimento de qualquer tipo de aparelho — de motores elétricos a aparelhos eletrônicos. 

Os sistemas fotovoltaicos têm capacidade para abastecer qualquer tipo de necessidade. Para isso, basta adequar a quantidade de painéis solares que farão a captação de energia. Assim, você pode usar a energia solar em indústrias, fazendas e até mesmo em canteiros de obras. 

A seguir, vamos explicar quais são os componentes de um sistema fotovoltaico. Veja. 

Painéis solares

Os painéis são os responsáveis pela captação da luz solar. Compostos pelas chamadas células solares, eles absorvem a energia do sol e a transformam em corrente elétrica. A capacidade de geração do sistema solar fotovoltaico vai depender da quantidade de painéis instalados. Portanto, se você vai construir um condomínio com centenas de residências, vai precisar de mais painéis solares do que um prédio de 6 apartamentos. 

Estrutura de suportes

Também faz parte do kit de instalação solar uma estrutura para deixar os painéis solares na posição correta. Esses suportes garantem também que os painéis não serão deslocados pelo vento e pelas chuvas.  

Inversor solar

Os painéis solares transformam a energia do sol em corrente elétrica contínua (CC). Mas, para ser usada para alimentar os aparelhos, ela precisa ser transformada em corrente alternada (CA). O inversor solar é justamente o aparelho que faz essa transformação. 

String Box

A string box é o aparelho que garante a segurança do seu sistema solar fotovoltaico. Sua função é a de proteger o sistema de acidentes elétricos, como um curto-circuito. A string box cumpre um papel parecido àquele dos disjuntores em uma caixa de distribuição doméstica. Por causa dela, você pode confiar totalmente na segurança do sistema fotovoltaico. 

Quer saber a diferença entre esse tipo de sistema e o aquecimento solar? Leia nosso post sobre o assunto: 

Como usar a energia solar na construção civil?  

Existem diferentes tipos de sistemas de energia solar, que podem ser usados para diferentes finalidades. Com o aquecimento solar, você pode aquecer a água de chuveiros, pias e até banheiras e piscinas. 

Já o sistema solar fotovoltaico é mais abrangente e permite fazer o fornecimento total de energia para o empreendimento ou até mesmo para o canteiro de obras. A seguir, vamos apresentar os dois tipos de sistemas fotovoltaicos que você pode usar na construção.  

Sistema on grid

O sistema solar on grid é conectado à rede de distribuição de energia da concessionária. A grande vantagem desse tipo de sistema é que ele permite a venda do excedente de produção para a rede, gerando créditos que podem ser usados posteriormente. 

Por estar conectado à rede, o sistema on grid — ou grid-tie — dispensa o uso de baterias e controladores de cargas. Por isso, o kit de instalação é mais barato. Porém, nesse tipo de sistema, o inversor de carga tem uma função a mais. Além de transformar a CC em CA, ele também sincroniza o funcionamento do sistema com a rede elétrica. É justamente essa sincronização que permite o envio do excedente. 

Nesses casos, o relógio de luz — que normalmente é unidirecional e calcula só o que é consumido — é trocado por um bidirecional. Esse segundo tipo contabiliza tanto o consumo quanto a injeção de energia. A troca dos relógios não tem custo nenhum para o consumidor, pois é subsidiada pela distribuidora de energia. Assim, no fim do mês, você só tem que pagar a diferença entre o que foi consumido e o que foi injetado.  

Sistema off grid

O sistema solar fotovoltaico off grid é autônomo e funciona de forma independente da rede elétrica convencional. Para isso, além dos componentes que já explicamos, ele conta também com baterias e controladores de cargas. 

Os controladores são aparelhos que protegem as baterias. Eles garantem que elas sejam carregadas completamente e, ao mesmo tempo, que não descarreguem abaixo do nível considerado seguro. Já as baterias são o que permite a armazenagem da energia gerada, para que a sua obra ou o seu empreendimento tenha energia elétrica mesmo nos momentos em que não há luz do sol (como à noite ou nos dias muito nublados). 

A grande vantagem dos sistemas off grid é que eles podem ser usados em localidades onde a rede de distribuição de eletricidade ainda não chegou. Assim, é possível começar a obra sem precisar esperar a instalação por parte da empresa concessionária. 

O sistema solar fotovoltaico off grid pode facilmente substituir os geradores a diesel em um canteiro de obras. Dessa forma, você usará uma energia limpa, vai eliminar ruído dos geradores no seu canteiro e ainda vai ter uma economia significativa na energia consumida, uma vez que o valor de implementação do sistema pode ser incorporado ao orçamento do projeto.  

Por conta dessas características, o sistema solar fotovoltaico tem crescido em popularidade no Brasil e no mundo. A energia solar é uma das grandes apostas dos players do mercado de renováveis para moldar a matriz energética do futuro. 

Quais são as vantagens da energia solar? 

Além dos pontos que citamos anteriormente, a energia solar na construção civil apresenta ainda outras vantagens, como vamos analisar nos tópicos a seguir. 

Blindagem contra variações de tarifa

Usando a energia solar fotovoltaica, você não depende da rede de distribuição. Mesmo nos casos dos sistemas on grid, o uso da energia da rede acaba sendo muito pequeno e compensado pela geração e a venda do excedente. 

Isso faz com que a sua obra fique protegida das variações de tarifa aplicadas pelos governos federal e estaduais. Mesmo se a bandeira vermelha estiver em vigor, você ainda usará a fonte mais barata de energia, além da mais sustentável. 

Economia a longo prazo

O preço de implementação de um sistema solar fotovoltaico ainda é considerado alto por grande parte dos brasileiros. Mas essa é somente uma primeira impressão, que não resiste aos cálculos. 

A economia que a energia solar proporciona na conta de energia é enorme. Com isso, em alguns anos o valor do investimento é reavido. O sistema fotovoltaico praticamente não dá manutenções e tem uma vida útil longuíssima. No médio-longo prazo, a decisão de adotar a energia solar representará uma economia significativa. 

Valorização do imóvel

Nos Estados Unidos, um estudo da Universidade de Berkeley mostrou que a energia solar nos projetos da construção civil têm uma valorização que varia entre 3% e 6%. No Brasil, não temos números tão precisos, mas podemos afirmar que existe a mesma tendência. A energia solar é vista como um valor agregado, e os consumidores estão dispostos a pagar mais por ela.

Este é mais um motivo que torna a energia solar uma alternativa interessante do ponto de vista financeiro, desde o uso no canteiro de obras até o empreendimento pronto. Além da economia com a conta de energia durante a obra, os imóveis ainda poderão ser vendidos por um valor de mercado mais alto.   

Imagem atrelada à sustentabilidade

A sustentabilidade é um assunto que está na ordem do dia tanto para governos do mundo inteiro quanto para os consumidores. Encontrar soluções que gerem um impacto menor para o planeta é vital para a preservação da espécie humana. 

Por isso, todas as iniciativas na direção da sustentabilidade são percebidas positivamente pela opinião pública. A empresa que adota a energia solar nos seus projetos é vista como socialmente responsável e moderna — para não mencionar engajada com o bem-estar coletivo.

A energia solar é um ponto importante que pode ser trabalhado no marketing verde da empresa. Ou seja, em uma estratégia que tem como foco trabalhar a consciência em prol da sustentabilidade. Um artigo publicado por pesquisadores da Universidade Federal do Espírito Santo aponta um crescimento de 478% nos produtos denominados “verdes” entre 2010 e 2015. Esse aumento é um reflexo da percepção de valor agregado que a sustentabilidade traz para o mercado.  

Como instalar um sistema solar fotovoltaico na minha obra? 

A melhor forma de instalar um sistema fotovoltaico na obra é com a contratação de uma empresa especializada no assunto. Mas alguns pontos devem ficar claros, para você saber o que observar no momento da contratação. 

O projeto solar é realizado de acordo com a necessidade do empreendimento. Assim, o primeiro passo será entender se teremos um sistema on grid ou off grid. Isso vai ditar o tipo de kit que será necessário para a instalação. Depois, será preciso estimar o consumo de energia. Esse dado nos dará a informação de quantos painéis serão usados para gerar a quantidade de energia necessária. 

Por fim, a empresa vai precisar fazer uma análise do terreno e do projeto arquitetônico para entender a melhor localização para instalar os painéis e também em qual direção eles devem ser posicionados. Como você deve imaginar, para um funcionamento ótimo do sistema solar fotovoltaico, os painéis têm que ficar expostos ao máximo de luz solar possível todos os dias. Por isso, deve-se evitar áreas que ficam sob a sombra durante algumas horas. 

Se você tem a assessoria de uma boa empresa para elaborar o projeto do sistema solar fotovoltaico, não há com o que se preocupar. A SolarVolt, por exemplo, tem uma vasta experiência em ajudar os seus clientes em todo esse processo. 

Com quase 10 anos de experiência no mercado, somos orgulhosamente responsáveis pela implementação de mais de 450 projetos solares em 10 estados brasileiros. Até hoje, já instalamos mais de 6.000 kWp para indústrias, agricultura e também para projetos da construção civil. Entre em contato conosco e peça o seu orçamento! Vamos juntos levar a sua obra para o futuro hoje mesmo!

Revisado por:

SolarVolt Energia
SolarVolt Energia

Empresa especializada em Energia Solar


Deixe uma resposta

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.