Teto sustentável: até os pontos de ônibus já usam energia solar

Teto sustentável: até os pontos de ônibus já usam energia solar

A utilização da energia solar tem crescido e está cada vez mais presente em diversos projetos, desde casas até estádios de futebol, e tende a se espalhar ainda mais pelo Brasil. E uma novidade adotada em grandes cidades do mundo, como Paris, Amsterdã e Miami, e em algumas cidades brasileiras foi muito bem aprimorada.

Veja que excelente iniciativa de sustentabilidade explícita foi tomada pela Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF), na capital do Estado de Santa Catarina: a adoção de teto ecossustentável nos pontos de ônibus!

Entenda como essa ideia está sendo implantada nos pontos de ônibus da cidade.

Estrutura do novo projeto

Mas não se trata apenas de telhado verde/sustentável. A instalação tem uma área de 9,8 m² e é equipada com placas de energia solar fotovoltaica. A energia captada é utilizada no sistema de irrigação que mantém as plantas, na iluminação do ponto, com lâmpadas LED, assim como na tomada USB para carregamento de celulares dos usuários.

Uma de suas colunas possui, no interior, um reservatório para água da chuva. Essa água é utilizada para irrigar as plantas cultivadas no teto. Seu excesso é recolhido por um sistema de drenagem que retorna ao reservatório.

O ponto de ônibus conta, ainda, com um espaço reservado para usuários cadeirantes.

A estrutura é construída em aço e em madeira plástica, produzida a partir de plástico reciclável pelos internos do Presídio Agrícola de Palhoça, uma colônia penal do Estado de Santa Catarina.

O projeto pretende avançar ainda mais, instalando um bicicletário e um painel com indicações das linhas dos ônibus que ali fazem parada.

Sustentabilidade

Os telhados verdes consistem na implantação de uma faixa de vegetação cultivada sobre uma superfície impermeável e drenada para evitar encharcamento.

Repare que, muito mais que uma solução arquitetônica sustentável, os telhados verdes, de modo geral, traduzem uma postura mais equilibrada e proativa em relação ao ambiente urbano. Mas, principalmente, constituem iniciativas concretas de resultado efetivo perene.

Benefícios do teto sustentável

A instalação de telhados verdes nas cidades acrescenta diversos benefícios ao ambiente, que podem ser assim resumidos, entre outros:

  • Solução visual estética
  • Retardamento da drenagem pluvial
  • Redução no chamado “estresse pelo concreto”
  • Redução da temperatura nas ilhas de calor
  • Redução da temperatura interna
  • Regulação da umidade no entorno
  • Captação de gás carbônico e liberação de oxigênio no ar
  • Absorção de ruídos locais
  • Aumento da biodiversidade local
  • Possibilidade de cultivos hortícolas

Os projetos de telhados verdes podem ser adaptados para diversas necessidades. Assim, podem ser um simples gramado ou constituir um jardim suspenso. Ou, ainda, um jardim produtivo, com espécies de produção agrícola.

Cuidados e manutenção

A instalação de um telhado verde, de maneira geral, requer alguns cuidados na elaboração do projeto, na implantação e na sua manutenção. A sua relação custo/benefício, no entanto, é bastante vantajosa.

Impactos sociais

No caso do projeto teto verde nos pontos de ônibus em Florianópolis, quando de sua elaboração, os responsáveis pesquisaram as iniciativas e a criatividade utilizadas e já adotadas em diversas cidades brasileiras e estrangeiras. A partir daí, recolheram o que havia de melhor e colocaram em um projeto único.

Uma iniciativa que, além das funcionalidades oferecidas, provoca um impacto positivo na qualidade de vida da população, e não apenas dos usuários do transporte coletivo.

Gostou desse artigo? Veja então 4 ideias para um condomínio mais sustentável!


SolarVolt Energia
SolarVolt Energia

Empresa especializada em Energia Solar


Deixe um comentário

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.