Instalar energia solar: Vale a pena investir em um sistema?

Instalar energia solar: Vale a pena investir em um sistema?

Você frequentemente ouve algum comentário sobre o uso da energia solar fotovoltaica como uma alternativa viável para a geração de eletricidade em residências e até em empresas? Mas será que vale a pena instalar energia solar? Para responder essa pergunta faremos uma breve análise sobre o tema. Curioso? Dê só uma olhadinha:

Quais são os usos da energia solar?

Antes de mais nada, é preciso apontar que tanto em residências como em empresas, a energia solar pode ser aproveitada de duas maneiras.

A primeira, já bastante popular no país, usa o calor do sol para aquecer a água, o que reduz o custo da conta de luz por diminuir o trabalho de aquecedores elétricos.

A segunda, relativa aos painéis fotovoltaicos — e sobre a qual falaremos neste post — converte a luz do sol em energia elétrica, que fica acumulada para aproveitamento posterior.

Instalar energia solar é vantajoso para o meio ambiente?

Considerando a atual situação ambiental, a resposta é bastante simples: sim! Afinal de contas, se você usa uma microestação para produzir sua própria energia, consequentemente exige menos do sistema tradicional de geração e distribuição.

Assim, as companhias de energia podem trabalhar com mais folga, não precisando se preocupar em construir novas usinas ou linhas de transmissão — obras com um alto grau de impacto ambiental.

Vale lembrar que boa parte da energia vem das termelétricas, que usam combustíveis fósseis e contribuem para o aquecimento do planeta. Isso sem contar que ainda há as usinas nucleares, cujas implicações para a natureza e para o ser humano são extremamente temidas.

Instalar energia solar é bom para o bolso?

Fazendo uma análise do sistema de microgeração fotovoltaica, você perceberá que o investimento é bastante compensador.

Para fazer esse estudo, basta considerar o investimento a ser feito com a instalação, o volume de energia consumido mensalmente na residência ou na empresa e as possibilidades de retorno do investimento.

Instalação

Atualmente, o custo de instalação de uma usina em uma residência vai de aproximadamente 15 mil reais para uma pequena casa até mais de 100 mil reais para grandes propriedades.

Em empresas, onde o consumo de energia é maior, esse custo é proporcionalmente mais alto. De qualquer forma, tudo depende de uma avaliação do consumo em cada caso para definir o tamanho do projeto ideal para cada realidade.

Payback

Outro fator que deve ser considerado é o tempo necessário para que a instalação se pague — o chamado payback. Para chegar a ele, basta dividir o custo total do microgerador pelo valor da economia mensal na conta de luz após a devida instalação, considerando nesse cálculo a variação anual com os reajustes das contas.

Atualmente, o mercado oferece um payback que varia tipicamente entre 4 e 10 anos de acordo com o valor do projeto e as tarifas praticadas. Contudo, considerando que o custo da energia vem aumentando significativamente, a tendência é esse tempo de retorno ficar cada vez menor, ano após ano!

Bônus

A regulamentação do setor de geração distribuída no Brasil permite que o microgerador injete na rede o excedente da energia que produz.

Esse excesso será transformado em bônus em energia que poderá ser consumida quando o gerador não conseguir atender à demanda.

O excesso produzido durante o dia, por exemplo, poderá ser consumido à noite. Com isso é possível até que a capacidade de geração seja suficiente para suprir todo o consumo.

Viu como definitivamente vale a pena instalar um sistema de energia solar seja em sua casa ou em sua empresa?

Quer aproveitar para saber mais sobre a energia fotovoltaica? Então leia esta postagem e descubra quais são os principais mitos sobre o assunto!

SolarVolt Energia
SolarVolt Energia

Empresa especializada em Energia Solar


6 Respostas a “Instalar energia solar: Vale a pena investir em um sistema?”

  1. Pretendo instalar na minha residencia
    Quantos m2 vou usar para uma residencia com 3 geladeiras 3 ar condicionados de 12.000 btus
    E tres tvs?

    1. SolarVolt Energia disse:

      Olá, Francisco! Muito obrigado por seu comentário! O sistema não é dimensionado por equipamentos, e sim pela média de consumo mensal ao longo do ano. Para saber mais, entre em contto com a gente! Fazemos um estudo detalhado do seu padrão de consumo sem compromisso. Abraços!

  2. marlon franca disse:

    gostaria de saber como poderia fazer para revender a ideia em pernambuco

    1. SolarVolt Energia disse:

      Boa tarde Marlon,

      Agradecemos o interesse e faremos contato com você através do e-mail, fique atento a sua caixa de entrada.

      Att,

      Equipe SolarVolt.

  3. Antonio Elias Filho disse:

    Existe um sistema de financiamento com juros susbsidiados e perfil longo na CEF?
    Caso exista, teriam interesse em ter um parceiro revendendo a ideia e projetos aqui nas MG?

    1. Gabriel disse:

      Sim, já existem linhas de financiamento nos bancos Caixa e BB disponíveis para financiamento de sistemas fotovoltaicos. Nos contate diretamente para conversarmos melhor sobre esses projetos, temos todo o interesse.

Deixe um comentário

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.